Tempo
|
A+ / A-

FC Porto

Críticas afetam Taremi? "Se calhar é essa a intenção", diz Sérgio Conceição

09 set, 2022 - 20:26 • Redaçã

Treinador do FC Porto sublinha que os profissionais de futebol têm de estar preparados para ouvir críticas, seja qual for o teor.

A+ / A-

Sérgio Conceição defende Mehdi Taremi das críticas, depois da expulsão do avançado iraniano na visita do FC Porto ao Atlético de Madrid.

Em conferência de imprensa, esta sexta-feira, questionado sobre se os comentários podem afetar o rendimento de Taremi, o treinador do FC Porto sugere que "se calhar é essa a intenção" de quem critica:

"Um profissional de futebol tem de estar habituado a isto. Graças a Deus, somos bem pagos. Temos de ouvir as críticas, sejam positivas ou negativas. Obviamente que há toda uma campanha, mas não vou agora voltar a falar, senão os comentadores vêm todos para cima de mim."

Sérgio Conceição realça que conversa sempre com os jogadores e que, com Taremi, falou "sobre os indicadores físicos" que registou em Madrid, parâmetro em que o internacional iraniano se destaca.

"É sempre um atleta fantástico, está no 'top-3' de distância de alta intensidade, está no 'top-3' de atletas com mais 'sprints', está no 'top' também dos nossos avançados com mais recuperações no meio-campo ofensivo e, além de goleador, é um jogador que faz também muitas assistências", elogia, desviando a conversa da expulsão.

Sérgio aponta o dedo a quem critica Taremi


Sérgio Conceição conta que segue programas pós-jogo de vários outros países e que são "sempre uma delícia": "Têm gente a falar da bravura de um treinador em termos táticos, da qualidade técnica de um jogador porque fez a diferença no jogo, das nuances que esse jogo que teve."

"Aqui, não. Aqui, falamos no piscar de olho, no levantar o braço, no Sérgio Conceição que deu uma dura num jogador logo no final do jogo, porque falei no árbitro quando não tinha que não sei quê. Porquê? Acredito que há muitos jogadores, ex-jogadores e treinadores que estão a comentar e que têm qualidade e que tentam falar de futebol, mas se calhar vende mais falar dessas situações. É uma pescadinha de rabo na boca. Porque vende mais, é melhor falar dessas situações do que propriamente do jogo. Uns por falta de conhecimento do jogo e outros porque estão obrigados a falar de temas polémicos para aquilo que vende", critica o treinador.

O treinador do FC Porto falava a propósito da receção ao Desportivo de Chaves, a contar para a sexta jornada do campeonato. Jogo marcado para sábado, às 20h30, no Estádio do Dragão, com relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+