Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

José Fernando Rio

"Os portistas reconhecem mais importância a Conceição do que a Pinto da Costa"

18 jul, 2022 - 12:45 • Luís Aresta

José Fernando Rio, candidato derrotado nas últimas eleições, crtica a SAD do FC Porto e considera que Sérgio Conceição fez bem ao não impedir a saída do filho para o Ajax.

A+ / A-

É Sérgio Conceição e não Pinto da Costa quem está a devolver ao FC Porto o estatuto de campeão, defende José Fernando Rio, numa entrevista a Bola Branca, a pretexto da saída de Francisco Conceição para o Ajax.

Para o candidato que mais oposição congregou nas eleições de há dois anos para a presidência do FC Porto, “neste momento, não há um único portista que não reconheça mais importância a Sérgio Conceição do que a Pinto da Costa na conquista dos últimos títulos e isso quer dizer alguma coisa".

"Os próprios adeptos nem sabem que já mudaram de opinião, porque ao valorizarem Sérgio Conceição desta forma estão a por Pinto da Costa num plano secundário”, considera.

As críticas de José Fernando Rio a Pinto da Costa, são acompanhadas de elogios ao treinador e pai do jovem jogador do FC Porto, que não se terá oposto a que Francisco Conceição tivesse aceitado o desafio que lhe foi proposto pelo Ajax, sabendo que nos cofres da Porto SAD entram apenas cinco milhões de euros.

“Se Sérgio Conceição não se intrometeu, estou totalmente de acordo com a sua posição, porque deve tentar ser o mais objetivo e alhear-se da situação de pai e filho. Sei que é uma situação complicada, que não é habitual, mas não acredito que o Sérgio Conceição tenha tido alguma influência nesta saída e, muito menos, que obrigasse o filho a sair”, declara José Fernando Rio.

"Se calhar, os termos em que a renovação foi proposta não agradou ao jogador e, portanto, o pai disse ao filho: tu agora já és um homem, decide, o Porto oferece-te isto, interessa-te ficar ou não interessa? Pelos números que oiço falar, o jogador decidiu sair porque vai para um bom clube que é o Ajax, que potencia jovens, que lhe oferece um bom salário, boas condições de trabalho e boas perspetivas de futuro. Ao Francisco Conceição nada há a apontar, já a SAD volta a fazer um negócio que não defende os interesses do FC Porto”, constata o opositor de Pinto da Costa.

Ou o Porto não quis manter Francisco Conceição, ou distraiu-se

José Fernando Rio defende que transferir Francisco Conceição para o Ajax por cinco milhões de euros “é ridículo e basicamente significa oferecer o jogador”.

Ao não renovar e impor uma cláusula mais elevada no contrato do avançado de 19 anos, “a SAD andou muito mal: ou não quis renovar com Francisco Conceição, ou andou distraída. Qualquer das hipóteses é muito má para a SAD do Porto”, acentua.

O candidato da oposição mais votado nas últimas eleições no universo portista espera para ver qual será o posicionamento da SAD liderada por Pinto da Costa que, neste mercado verão, até agora anunciou como único reforço o defesa central David Carmo (ex-SC Braga) e a continuidade de Stephen Eustáquio, contratado a título definitivo ao Paços de Ferreira.

Duas entradas, por comparação com as saídas de cinco jogadores, desde janeiro, todos com lugar no onze preferido de Sérgio Conceição.

“O Porto, neste momento, está mais fraco do que na temporada passada”, diz José Fernando Rio, quando olha para as saídas de Luis Diaz (Liverpool), Chancel Mbemba (Marselha), Fábio Vieira (Arsenal), Vitinha (PSG) e Francisco Conceição (Ajax).

“Vai ter de ir ao mercado e quero ver que tipo de aquisições vai fazer, porque se não tem dinheiro para renovar com o Francisco Conceição, quanto é que vai dar por esses jogadores sul-americanos?”, interroga-se.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaquim Correto
    18 jul, 2022 Paços 16:40
    ...mas o que os portistas reconhecem ainda mais mérito é à arbitragem portuguesa!

Destaques V+