Tempo
|
A+ / A-

Mercado

Roma não avança com os 13 milhões de Sérgio Oliveira

30 mai, 2022 - 09:38 • Redação

Médio português não convenceu dirigentes da Roma e vai regressar ao FC Porto.

A+ / A-

A Roma não está disposta a pagar os 13 milhões de opção de compra de Sérgio Oliveira, médio português emprestado pelo FC Porto aos italianos.

O site desportivo "calciomercato" informou que Tiago Pinto, diretor desportivo português da Roma, está à procura de outra solução para o meio-campo da equipa orientada por José Mourinho.

Apesar de ter impressionado o técnico português e os adeptos e dirigentes da Roma, ao marcar dois golos nos dois primeiros jogos, Sérgio Oliveira não é a primeira opção para a equipa que venceu a Conference League.

No último ano, o médio de 29 anos, além do título europeu pela Roma, conquistou também a Liga portuguesa e a Taça de Portugal, pelo Porto.

O médio de 29 anos, que renovou a época passada com os dragões até 2025, vai regressar ao FC Porto, não sendo claro se integra o plantel na próxima época ou se estará de saída do clube portista.

Antes de ser emprestado aos romanos, o jogador natural de Paços de Brandão fez 24 jogos pelos azuis e brancos.

Não ficando na Roma, o Porto tem de tratar do dossiê de Sérgio Oliveira, que já conta com um longo historial de empréstimos. Desde que se estreou pela equipa principal, em 2009, já foi emprestado aos belgas do Mechelen, ao Beira-Mar e ao Penafiel.

Em 2013 rumou ao Paços de Ferreira e regressou ao Porto passados dois anos. Desde 2015 já foi emprestado outras três vezes. Jogou nos franceses do Nantes, nos gregos do PAOK e, claro está, na Roma.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+