Tempo
|
A+ / A-

Qatar 2022

Vice-campeã Croácia elimina Japão nos penáltis e está nos "quartos" do Mundial

05 dez, 2022 - 17:43 • Inês Braga Sampaio

Dominik Livakovic defendeu três grandes penalidades. Morita, que foi titular pelo Japão, pode regressar ao Sporting.

A+ / A-
Foto: Abir Sultan/EPA
Foto: Abir Sultan/EPA
Foto: Neil Hall/EPA
Foto: Neil Hall/EPA
Foto: Georgi Licovski/EPA
Foto: Georgi Licovski/EPA
Foto: Friedemann Vogel/EPA
Foto: Friedemann Vogel/EPA
Foto: Neil Hall/EPA
Foto: Neil Hall/EPA
Foto: Friedemann Vogel/EPA
Foto: Friedemann Vogel/EPA

A vice-campeã Croácia está nos quartos de final do Mundial 2022, depois de eliminar o Japão, no desempate por grandes penalidades, após igualdade a um golo ao fim de 120 minutos.

Ao contrário das vitórias frente a Alemanha e Espanha, na fase de grupos, o Japão, que teve Hidemasa Morita, do Sporting, a titular - pode agora regressar a Portugal -, foi o primeiro a marcar.

Aos 43 minutos, na sequência de um canto trabalhado, saiu cruzamento da direita, houve um desvio ao segundo poste para o meio e, no limite da pequena área, o ex-Marítimo Daizen Maeda empurrou para o golo.

O Japão marcou no final da primeira parte, a Croácia empatou no início da segunda. Novamente cruzamento da direita e, ao segundo poste, Ivan Perisic cabeceou de cima para baixo, ao ângulo, sem hipótese para Shuichi Gonda, antigo guarda-redes do Portimonense.

Tanto os japoneses como os croatas tentaram, daí para a frente, desfazer o empate, no entanto, a falta de pontaria e os guarda-redes conseguiram relegar a decisão para prolongamento e, depois, para os penáltis.

Aí, o guarda-redes da Croácia, Dominik Livakovic, ergueu-se como herói, ao defender três grandes penalidades. Inicialmente, diante de Takumi Minamino e Kaoru Mitoma, os dois primeiros a bater pelo Japão. Marko Livaja ainda atirou ao poste, dando esperança aos asiáticos, porém, Livakovic matou-a logo depois, ao defender o remate de Maya Yoshida e apurar a Croácia para os quartos de final do Mundial do Qatar.

Finalista vencida em 2018, na Rússia, a Croácia avança, agora, para o lote dois oito melhores do mundo. Vai defrontar o vencedor do duelo entre Coreia do Sul, treinada pelo português Paulo Bento, e Brasil.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+