A+ / A-

Mundial 2022

Vitinha: "Nunca é igual perder ou ganhar"

02 dez, 2022 - 18:10 • Redação

Internacional português diz que a seleção perdeu "por erros próprios".

A+ / A-

Apesar de Portugal ter passado no primeiro lugar aos oitavos de final, Vitinha não esconde que a derrota frente à Coreia do Sul tem impacto.

"Nunca é igual perdeu ou ganhar. Queremos sempre ganhar, mesmo que seja a feijões. E não era. Felizmente ficamos no primeiro lugar, mas poderia não ter acontecido", começou por dizer, à Sport TV.

O internacional português diz que a seleção perdeu "por erros próprios".

"Sabíamos no que eles eram fortes e os pormenores que poderiam fazer a diferença e foi o que aconteceu. Não defendemos bem em certas partes do jogo, principalmente nos dois golos que ditaram o resultado. Vamos já focar nos oitavos de final, no que temos de fazer para que isto não aconteça. Vamos estar preparadíssimos para quem vier", prevê.

Foi a estreia de Vitinha em Campeonatos do Mundo, depois de não ter sido utilizado nas primeiras duas jornadas.

"Estrear-se num Mundial é um sonho de criança, mas queremos mais. Fica também um sabor amargo porque saímos com uma derrota. Ficará também sempre marcado por isso", termina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+