A+ / A-

Râguebi

O aviso do capitão dos 'lobos': “A Roménia está um patamar acima, é um jogo de tudo ou nada”

16 fev, 2024 - 12:50 • Lusa

Em caso de vitória, Portugal segue para as meias-finais em primeiro lugar do Grupo B do Rugby Europe Championship

A+ / A-

O encontro da seleção portuguesa de râguebi com a Roménia, no sábado, da terceira jornada do Rugby Europe Championship 2024 (REC24), é "um jogo de tudo ou nada", admitiu o capitão Tomás Appleton, em Bucareste.

"Sabemos que a Roménia está um patamar acima. Claramente, não estivemos bem contra a Bélgica e a derrota foi até uma surpresa para nós, mas conseguimos dar uma boa resposta com a Polónia, que era o que tínhamos planeado, para chegar à Roménia e ser um jogo de tudo ou nada", disse o centro português à agência Lusa.

Em caso de vitória, Portugal segue para as meias-finais em primeiro lugar do Grupo B, mas qualquer outro desfecho deixa os 'lobos' sujeitos a uma ultrapassagem da Bélgica, que recebe a Polónia, única seleção que ainda não pontuou no REC24.

Por isso, a seleção portuguesa está consciente de que, se não vencer, as suas hipóteses de qualificação "vêm por água abaixo", uma vez que, em caso de igualdade pontual, que acontece se os 'lobos' empatarem em Bucareste e os belgas vencerem sem bónus ofensivo, os 'diabos negros' têm vantagem no confronto direto.

"Nem sequer estamos a pensar na Bélgica, estamos apenas a pensar em ir buscar a vitória", vincou o capitão.

Portugal não vence na Roménia desde 2009 e "nunca nenhum destes jogadores" que viajaram para Bucareste na quinta-feira "conseguiu ganhar-lhes fora", lembrou Appleton para sublinhar o "desafio gigante" que os 'lobos' têm pela frente.

Entre esses jogadores mencionados pelo capitão, incluem-se Nicolas Martins, que regressa à equipa após ausência no jogo contra a Polónia, entrando para o lugar de Vasco Baptista, além de José Lima, que rende Pedro Bettencourt, como segundo centro, e do terceira linha David Wallis, expulso contra a Polónia mas que viu o castigo decorrente da ação disciplinar ser levantado "após audiência com a Rugby Europe", informou a Federação Portuguesa de Râguebi.

Assim, a seleção portuguesa vai alinhar, de 1 a 15, com António Machado Santos, Luka Begic, Abel da Cunha, Martim Bello, Duarte Torgal, David Wallis, Nicolas Martins e João Granate, Hugo Camacho e Hugo Aubry, Lucas Martins, Tomás Appleton, José Lima, José Paiva dos Santos e Manuel Cardoso Pinto.

A comandar a Roménia está um treinador que conhece bem os 'lobos', uma vez que foi adjunto de Patrice Lagisquet na seleção portuguesa durante o ano passado, motivo pelo qual "conhece o nosso estilo".

Appleton não acredita, no entanto, que David Gérard possa daí retirar grandes vantagens, mas admitiu 'nuances' no jogo português para dificultar a vida ao francês.

"Não é difícil ver os jogos de Portugal e perceber como gostamos de jogar. Obviamente, ele conhece a nossa realidade por dentro, mas muitos jogadores mudaram, algumas partes do nosso sistema também mudaram e fizemos algumas alterações em função de sabermos que o David [Gérard] está no lado de lá", reconheceu.

A seleção portuguesa de râguebi visita a Roménia no sábado, em encontro da terceira e última jornada do Grupo B do REC24 com início previsto para as 14:30 (hora de Lisboa), no Estádio Arcul de Triumf, em Bucareste, e arbitragem do georgiano Nika Amashukeli.

Portugal ocupa atualmente o segundo lugar do Grupo B, com seis pontos, a três da Roménia e com mais dois do que a Bélgica, após perder o primeiro encontro, no terreno dos belgas (10-6) e vencer no sábado a Polónia (54-7), que segue em último lugar com zero pontos.

Os dois primeiros classificados dos grupos A e B qualificam-se para as meias-finais, que se disputam, a uma mão, em casa do vencedor de cada grupo contra o segundo classificado da 'poule' oposta.

Em sentido contrário, os dois últimos de cada grupo disputam as meias-finais do apuramento do quinto ao oitavo lugares em casa do terceiro classificado de cada grupo, que recebe o último classificado da 'poule' oposta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+