Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Selecionador de râguebi espera que vermelho de Vincent Pinto seja despenalizado

17 set, 2023 - 18:32 • Lusa

Patrice Lagisquet defende o atleta luso, que vai ser ouvido na próxima terça-feira.

A+ / A-

O selecionador de râguebi de Portugal espera que a Comissão Disciplinar Independente que vai analisar o cartão vermelho mostrado a Vincent Pinto no encontro com o País de Gales reverta a decisão do videárbitro.

"Espero que cancelem o cartão vermelho e fique apenas amarelo. Podem fazê-lo, já o fizeram com outros jogadores, e penso que é o adequado nesta situação", referiu Patrice Lagisquet no decorrer de uma sessão de rescaldo do encontro com os galeses.

O ponta português Vincent Pinto foi expulso aos 77 minutos na derrota com o País de Gales, por 28-8, após ser colocado no bunker pelo árbitro do encontro, o inglês Karl Dickson, e o vídeoárbitro (TMO) decidir agravar a penalização para cartão vermelho.

Esta é uma regra que foi introduzida no Mundial de França 2023, que permite continuar a analisar as imagens de um lance durante mais oito minutos em situações que sejam consideradas, no mínimo, para cartão amarelo, mas em que o TMO não consiga decidir se o lance é para cartão vermelho nos primeiros dois minutos de interrupção do encontro.

"Não posso concordar com a decisão. Se virmos a posição do Vincent Pinto, ele estava no ar, a virar-se para proteger a bola, e perdeu o equilíbrio nessa ação. Podia ter-se lesionado quando caiu no chão, foi tão perigosa para ele próprio como para o adversário", justificou o técnico francês.

Por isso, concluiu Lagisquet, "foi uma decisão demasiado dura para este tipo de situação".

"Vincent Pinto vai comparecer perante uma Comissão Disciplinar Independente por infringir a Lei 9.11 (os jogadores não devem ter qualquer ação imprudente para com outros). A pedido do jogador, a audição terá lugar na terça-feira", escreveu, em comunicado a World Rugby.

A audição numa Comissão Disciplinar Independente é uma prática regulamentar no râguebi após ações disciplinares graves identificadas em campo pelo árbitro ou posteriormente pelos comissários de jogo.

Portugal perdeu com o País de Gales no sábado, por 28-8, na estreia no Mundial de râguebi de França 2023.

A seleção portuguesa defronta ainda, no Grupo C, a Geórgia (sábado), a Austrália (1 de outubro) e as Fiji (8 de outubro).

O Campeonato do Mundo de râguebi teve início a 8 de setembro e decorre até 28 de outubro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+