A+ / A-

Ténis

Djokovic de regresso à Austrália após deportação

29 dez, 2022 - 16:30

Ex-número 1 mundial vai voltar a disputar o Grand Slam de Melbourne.

A+ / A-

O tenista Novak Djokovic diz que não vai esquecer o que passou há quase um ano na Austrália, em que foi deportado por não estar vacinado contra a Covid-19.

“É uma das coisas que fica com uma pessoa para o resto da vida. Nunca tinha passado por tal coisa e espero nunca voltar a passar. Estou aqui há dois dias, mas todos foram muito agradáveis, extremamente gentis comigo”, referiu o antigo número 1 mundial.

As restrições contra a Covid-19 foram aliviadas na Austrália e Djokovic já pode reentrar no país, onde vai começar por disputar o torneio de Adelaide, antes do Grand Slam, em Melbourne.

“Sempre me senti muito bem na Austrália, sempre joguei aqui o meu melhor ténis, espero ter outro verão ótimo”, acrescentou.

O sérvio já venceu o Open da Austrália por nove vezes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+