Tempo
|
A+ / A-

Djokovic admite que quebrou regras de isolamento após teste positivo

12 jan, 2022 - 05:44 • Redação com agências

Esta declaração foi deixada pelo tenista sérvio na sua conta de Instagram.

A+ / A-

Novak Djokovic assume ter quebrado as regras de isolamento impostas devido à pandemia, já depois de ter testado positivo à Covid-19.

Através de uma publicação nas redes sociais, o sérvio admite ter-se encontrado com um jornalista, apesar de saber que estava infetado, e classifica essa atitude como "um erro de julgamento", assim se lê na sua conta de Instagram.

"Senti-me obrigado a ir à entrevista com L'Equipe porque não queria desapontar o jornalista, mas mantive a minha distância social e a minha máscara facial, exceto durante a sessão fotográfica. Quando regressei a casa, para me isolar durante o período exigido, após reflexão, entendo que foi um erro de julgamento e aceito que deveria ter adiado o compromisso", escreve o atleta.

Djokovic afirma ter sido testado a 16 de dezembro, cujo resultado descobriu um dia mais tarde, já depois de ter participado num evento desportivo em que entregou prémios a crianças. Já a entrevista foi concedida a 18 de dezembro.

O tenista número um do mundo admite também erros na declaração que apresentou ao governo australiano sobre o seu histórico de viagens, antes de voar para Melbourne, embora sublinhe que a documentação foi preenchida pela sua equipa de apoio em seu nome, classificando o caso como um "erro administrativo" e humano, não deliberado.

O tenista sérvio que não está vacinado, entrou na Austrália na semana passada graças a uma isenção médica por ter testado positivo à Covid. As autoridades continuam a considerar a possível revogação do seu visto, e em consequência, uma hipotética deportação.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+