Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Futebol nacional

"Homem culto, com preocupações cívicas e poeta": Santos Silva lembra Artur Jorge

22 fev, 2024 - 15:10 • Lusa

O presidente da Assembleia da República aclamou não só a carreira futebolística de Artur Jorge, como o seu sentido cívico.

A+ / A-

O presidente da Assembleia da República destacou, esta quinta-feira, o antigo futebolista e treinador Artur Jorge como um homem culto com preocupações cívicas e lembrou a conquista da taça dos campeões europeus quando orientou o FC Porto.

Artur Jorge morreu hoje de madrugada, em Lisboa, aos 78 anos, após doença prolongada, anunciou a sua família em comunicado.

"Evoco a memória de Artur Jorge, jogador, treinador e selecionador nacional de futebol, além de homem culto, com preocupações cívicas e poeta. A ele devemos, entre outros feitos, a conquista, na célebre final de Viena, em 1987, da primeira Taça de Campeões Europeus pelo Futebol Clube do Porto", escreveu Augusto Santos Silva através da rede social X.

Nascido no Porto, Artur Jorge foi jogador de futebol dos dragões, mas cedo se mudou para a Académica, da qual seguiu para o Benfica. Jogou também no Belenenses e no clube norte-americano Rochester Lancers.

Como treinador, teve o momento alto da carreira na época de 1986/87 quando venceu a Taça dos Clubes Campeões Europeus pelo FC Porto. Esteve no comando técnico da seleção nacional por duas vezes.

Artur Jorge conquistou três campeonatos nacionais, uma Supertaça e uma Taça de Portugal como treinador do FC Porto, além do torneio europeu, e deu ao Paris Saint-Germain o seu segundo título de campeão de França, em 1993/94.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+