Tempo
|
A+ / A-

SC Braga

Artur Jorge lamenta vantagem "dada" e 3-0 no melhor momento

11 fev, 2024 - 20:38 • Redação

Treinador do Braga reconhece que a sua equipa esteve "longe" da melhor versão, na goleada por 5-0 sofrida em Alvalade.

A+ / A-

Artur Jorge admite que o Sporting de Braga esteve "longe" da sua melhor versão e que deu de mão beijada a vitória ao Sporting, por 5-0, este domingo.

Em declarações à Sport TV, no final da partida, o técnico dos minhotos começa por "premiar a melhor equipa", o Sporting, que "foi mais forte".

"Era necessário a nossa melhor versão e estivemos longe disso. Na primeira parte demos a vantagem ao Sporting, que ficou motivado com a forma como ficou confortável no jogo. Na segunda parte, tentámos mudar o rumo das coisas, faltando 30 minutos para o fim tentámos arriscar, perdíamos por 2-0 e precisávamos de ir atrás do resultado. Tivemos ascendente no jogo, mas depois de uma perdida nossa para o 2-1 sofremos logo a seguir e perdemo-nos por completo", assume.

Artur Jorge reconhece que, após o terceiro golo do Sporting, o Braga sofreu "uma quebra anímica de uma equipa que sofre o 3-0 quando estava a dominar aquele momento do jogo".

O treinador do Braga também aponta "um erro individual e um de comportamento" que deram golos ao Sporting, contudo, recusa-se a culpar os jogadores: "Todos erramos, não estou aqui para condenar, não estou aqui para apontar o dedo a ninguém. Perdemos porque não fomos melhores que o Sporting."

Agora, o Braga tem de "levantar a cabeça", aprender com os erros cometidos neste jogo e preparar já o jogo com o Qarabag, para a Liga Europa.

"O espaço é curto para estarmos com lamentações, temos de rapidamente deixar este jogo para trás", vinca.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+