A+ / A-

As contas de Benfica e Braga na Liga dos Campeões

12 dez, 2023 - 09:09 • Lusa com Redação

Encarnados e minhotos têm de vencer por dois golos de diferença. Braga ainda sonha com os oitavos de final em Nápoles, Benfica já só pode chegar à Liga Europa na visita ao Salzburgo.

A+ / A-

O Sporting de Braga, em Nápoles, e o Benfica, em Salzburgo, precisam de triunfos por dois golos para concretizarem os seus objetivos na Liga dos Campeões.

Os arsenalistas qualificam-se para os oitavos de final, pela primeira vez na sua história, se vencerem por dois golos de diferença, enquanto os encarnados precisam de ganhar por igual margem para conseguirem chegar ao terceiro lugar e apurarem-se para a Liga Europa.

A formação de Artur Jorge pode também prosseguir a sua caminhada europeia na segunda competição da UEFA, que garantirá com um ponto, mas até pode conseguir fazê-lo perdendo, bastando para isso que o Union Berlim não vença em casa o já apurado Real Madrid.

Para os bracarenses, a situação é, assim, claramente mais favorável, até porque o conjunto minhoto chega sem pressão ao Estádio Diego Armando Maradona, já que a responsabilidade está do lado dos atuais campeões italianos.

O conjunto minhoto tem contra si as ausências de Niakaté, expulso na ronda anterior frente ao Union Berlim, e do lesionado Álvaro Djaló. Em sentido contrário, Al Musrati está recuperado.

Apesar disso, os arsenalistas estão em alta, com quatro triunfos nos últimos cinco jogos, sendo exceção o confronto europeu, enquanto o Nápoles conta três derrotas consecutivas e apenas um triunfo nos derradeiros seis embates.

Os minhotos tentam juntar-se nos "oitavos" a Bayern Munique, Arsenal, PSV Eindhoven, Real Madrid, Real Sociedad, Inter Milão, Atlético de Madrid, Lazio, Borussia Dortmund, Manchester City, Leipzig e FC Barcelona.

O mal menor para o Benfica

O Braga joga o futuro europeu precisamente antes de receber domingo, para a ronda 14 da I Liga, o Benfica, que está a efetuar uma Champions para esquecer, somando apenas umponto, fruto do empate a três golos na receção ao Inter Milão, na última ronda.

Por não ter vencido os italianos, após um 3-0 ao intervalo, com "hat-trick" de João Mário, o Benfica necessita agora de vencer por dois em Salzburgo, onde jogará sem o castigado António Silva, os lesionados Bah e Neres, e também sem adeptos, na sequência das tochas lançadas aos apoiantes da Real Sociedad em San Sebastián.

Como perderam na Luz por 2-0 com o Salzburgo, os encarnados, que seguem três pontos atrás dos austríacos, necessitam de vencer pelo menos pela mesma margem para igualar o confronto direto e forçar o desempate pelos golos em todos os jogos do grupo.

No que respeita aos outros agrupamentos, hoje decide-se também o segundo apurado do Grupo A, já conquistado pelo Bayern, com o Copenhaga (cinco pontos) a receber o Galatasaray (cinco) e Manchester United (quatro) como anfitrião dos bávaros.

Destaque ainda para a receção do Sevilha ao Lens, com os espanhóis a precisarem de vencer para seguirem para a sua prova favorita, a Liga Europa, que ganharam, na atual designação, em 2013/14, 2014/15, 2015/16, 2019/20 e na época passada.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+