Tempo
|
A+ / A-

Sporting de Braga

​João Moutinho: "As hipóteses ficam intactas"

29 nov, 2023 - 22:03 • Redação

Médio do Sporting de Braga destaca um "enorme espírito de grupo". Confira as contas dos minhotos.

A+ / A-

João Moutinho, médio do Sporting de Braga, assume "um pouco de sabor amargo" pelo empate com o Union Berlim, mas sublinha que as hipóteses de apuramento ficam iguais.

"Um pouco de sabor amargo. Sabíamos que não perdendo, as hipóteses ficariam intactas. Foi um grande jogo, mesmo depois da expulsão", começou por dizer, à Eleven Sports.

Na noite em que chegou aos 75 jogos na Liga dos Campeões - pelo Sporting, FC Porto, Mónaco e agora Braga -, o experiente internacional português destaca a atitude do grupo para chegar ao empate num jogo em que o Braga jogou reduzido a dez jogadores a partir dos 30 minutos devido à expulsão de Niakaté.

"O espírito de grupo enorme em todos os momentos. Isso fez a diferença e fez com que conseguíssemos chegar ao empate e ter oportunidades para ganhar. Vamos continuar a trabalhar para continuar da mesma forma", concluiu.

As contas do Sporting de Braga

Braga vai para a última jornada com tudo em aberto. Tanto pode ficar em segundo e seguir para os oitavos de final, como ficar em terceiro e cair para a Liga Europa, ou até terminar no último posto e ser eliminado das provas europeias.

A boa notícia é que o Braga só depende de si. Perdeu com o Nápoles por 2-1 em casa na primeira jornada, o que significa que uma vitoria por mais do que um golo (2-0, 3-1, 4-2) dá o apuramento para os oitavos de final.

Um empate em Nápoles apura o Braga para a Liga Europa, independentemente do resultado do Union, uma vez que tem vantagem no confronto direto para a equipa alemã. Derrota confirma o terceiro lugar se o Union não vencer o Real Madrid.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+