Tempo
|
A+ / A-

Otávio. Schmidt, Iván Jaime e Nuno Santos foram galardoados pela Liga

07 set, 2023 - 21:06 • Redação com Lusa

Primeira edição da Liga Portugal Awards, realizada no Porto.

A+ / A-

O internacional Otávio foi eleito Melhor Jogador da I Liga de futebol em 2022/23, naquela que foi a última época do médio no FC Porto, antes de se transferir para os árabes do Al Nassr.

No campeonato transato, Otávio fez 27 jogos, 25 dos quais como titular pelos azuis e brancos, tendo apontado cinco golos e sete assistências.

Pelo FC Porto, onde chegou em 2014, conquistou nove títulos, onde se incluem três títulos nacionais, e, já naturalizado português, tornou-se presença assídua na seleção das quinas.

O futebolista de 28 anos não esteve presente, por estar em estágio com a seleção, que defronta a Eslováquia na sexta-feira, mas deixou uma mensagem de agradecimento pelo galardão em formato de vídeo.

"É um grande orgulho receber o prémio de melhor jogador da Liga 2022/23, queria agradecer a todos os treinadores e 'capitães' pelo voto, com aqueles com quem partilho os relvados. Queria deixar também uma mensagem à Liga Portugal, ao FC Porto, todo o seu 'staff'. Fizeram de mim melhor jogador e melhor homem e, graças a isso, consegui este prémio", agradeceu.

Já o técnico germânico Roger Schmidt venceu o prémio de Treinador do Ano depois de levar o Benfica à conquista do campeonato na sua época de estreia nos encarnados.

Na primeira edição da gala Liga Portugal Awards, realizada na Alfândega do Porto, Roger Schmidt foi o vencedor da categoria, determinada por votação de treinadores e capitães.

Ainda que não tenha estado presente na cerimónia, o alemão deixou uma mensagem de agradecimento pelo galardão em videoconferência.

"Obviamente que estou feliz, é um bom prémio. Estou feliz por ele, mas, quando trabalhas no futebol ou fazes parte de uma equipa desportiva, existe sempre responsabilidade da parte dos jogadores, do 'staff', da equipa técnica e também do clube. É assim que eu o vejo, mas fico contente pela escolha", disse.

Por sua vez, o extremo espanhol Iván Jaime venceu o prémio de “Melhor Jogador Jovem”.

Na edição 2022/2023 da I Liga, Iván Jaime esteve em plano de destaque quando representava o Famalicão, tendo apontado nove golos e três assistências.

"Em primeiro lugar, obrigado a toda a gente que votou em mim. Obrigado à minha família, ao meu pai, à minha mãe, à minha irmã, à minha namorada e, como é claro, obrigado a todos os meus antigos colegas de equipa e corpo técnico, sem eles isto não seria possível", disse o jogador de 22 anos, no discurso de receção do galardão.

O tento de “letra” do extremo sportinguista Nuno Santos foi eleito o "Golo do Ano" da última edição da I Liga portuguesa de futebol, apontado na receção ao Boavista, da 24.ª jornada.

"Queria agradecer em quem votou em mim, à minha família, aos meus amigos, a todo o 'staff' do Sporting e a todos os adeptos. É um momento que eu costumo fazer tanto nos jogos como nos treinos [o remate de 'letra']. As pessoas dizem que eu não uso o pé direito e é verdade. Foi de 'letra' e espero continuar a fazer mais golos assim", disse o jogador de 28 anos no discurso de receção do prémio.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+