A+ / A-

Incidente da camisola leva a reunião da Liga na quinta-feira

11 set, 2022 - 22:56 • Lusa

Criança adepta do Benfica terá sido obrigada a tirar a camisola do clube para conseguir assistir à partida no estádio do Famalicão.

A+ / A-

A Liga de clubes vai debater o incidente ocorrido em Famalicão, onde uma criança benfiquista teve de despir a camisola do clube para assistir ao jogo da I Liga, com os diretores dos clubes.

No sábado, no encontro entre o líder Benfica e o Famalicão, da sexta jornada, uma criança terá sido obrigada a despir a camisola do Benfica numa bancada em clara maioria de adeptos locais.

Após o lamento do presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, e do repúdio do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, o organismo que tutela o campeonato anunciou o agendamento do assunto.

"Na sequência dos acontecimentos registados em Famalicão, no passado sábado, durante a partida entre Famalicão e Benfica, a Liga Portugal informa que o assunto fará parte da ordem de trabalhos, já na próxima quinta-feira, dia 15 de setembro, na reunião com todos os diretores de segurança das sociedades desportivas e a direção de segurança da LPFP", lê-se no comunicado.

O organismo recorda ter definido, "como uma das prioridades para a presente temporada, o regresso das famílias aos estádios e pretende a sensibilização de todos os agentes desportivos para o regresso do público às bancadas".

No seu site oficial na Internet, o Benfica também lamentou o sucedido, em comunicado.

"O Sport Lisboa e Benfica lamenta que num futebol que se quer cada vez mais inclusivo, capaz de trazer cada vez mais famílias para os jogos, adeptos com camisolas do Benfica, incluindo crianças, tenham sido obrigados a despi-las para poderem assistir ao jogo", escreveu o Benfica, rematando: "Queremos um futebol diferente e todos temos de contribuir para isso".

O desafio da sexta jornada da I Liga foi vencido pelo Benfica, por 1-0, com um golo de Rafa, que permitiu que os encarnados continuassem a lidera o campeonato em solitário, com o pleno de 18 pontos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaquim Correto
    12 set, 2022 Paços 08:37
    Por mim, o Famalicão descia de divisão e nunca mais voltava à 1ª Liga!
  • Petervlg
    12 set, 2022 Trofa 07:51
    Não sejam hipócritas, tenham vergonha. isto tem acontecido devido a existências das "claques" que só querem gerar confusão e sempre com o apoio dos clubes. Essas claques, são antros de outras coisas, que toda a gente sabe e nada faz. Chegamos a um momento que não é necessário policias para nada, toda a gente faz o que quer e lhe apetece.

Destaques V+