Tempo
|
A+ / A-

Tondela empata em Mafra e é o primeiro finalista da Taça de Portugal

20 abr, 2022 - 22:09 • Redação

É a primeira vez na história que o Tondela, que ainda tremeu, chega ao Jamor. Fica à espera de FC Porto ou Sporting.

A+ / A-
Festejos dos jogadores do Tondela. Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Festejos dos jogadores do Tondela. Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Golo de Pedro Pacheco deu esperança ao Mafra. Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Golo de Pedro Pacheco deu esperança ao Mafra. Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Boselli empatou o jogo e "matou" a eliminatória. Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Boselli empatou o jogo e "matou" a eliminatória. Foto: Miguel A. Lopes/Lusa

O Tondela é o primeiro finalista da edição 2021/22 da Taça de Portugal.

A equipa beirã empatou no terreno do Mafra, por 1-1, esta quarta-feira, na segunda mão das meias-finais. No entanto, o triunfo do primeiro jogo, por 3-0, valeu-lhe o bilhete para o Estádio Nacional, no Jamor.

Foi Pedro Pacheco, com um golo aos 45 minutos, a fazer o Mafra acreditar na reviravolta. A abrir a segunda parte, a equipa da casa teve uma grande penalidade a favor, porém, Pedro Lucas não conseguiu converter. Aos 89 minutos de jogo, Juan Boselli empatou e "matou" a eliminatória.

Esta é a primeira vez na história que o Tondela chega à final da Taça de Portugal. O melhor que tinha conseguido, antes da atual edição, eram duas presenças nos oitavos de final, em 2016/17 e 2018/19.

Na quinta-feira, FC Porto e Sporting discutem a segunda vaga. Os dragões venceram a primeira mão, por 2-1, em Alvalade. O segundo jogo está marcado para as 20h15, no Estádio do Dragão, e terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+