A+ / A-

Adidas proíbe número 44 em camisolas da Alemanha por semelhanças com símbolo nazi

01 abr, 2024 - 19:56 • Diogo Camilo

Design das novas camisolas para o Euro2024 assemelha-se aos “relâmpagos” das SS, a polícia de estado de Adolf Hitler. Adidas cancelou vendas e bloqueou a personalização de camisolas. Federação Alemã de Futebol vai alterar forma do número 4.

A+ / A-

A Adidas anunciou esta segunda-feira o cancelamento da venda de equipamentos da seleção alemã personalizados com o número 44, por semelhanças com o símbolo nazi proibido na Alemanha.

A polémica nasceu nas redes sociais, depois de utilizadores terem alertado que a fonte utilizada para as novas camisolas que vão estar no Euro2024, que se realiza em solo alemão, se assemelhava aos “relâmpagos” das SS, a insígnia da Schutzstaffel, a polícia de estado de Adolf Hitler durante o regime Nazi e a Segunda Guerra Mundial.

Como resposta, a Adidas já anunciou que o design do número 4 vai ser alterado e que não era intenção a semelhança com símbolos nazis nos equipamentos.

“Vamos bloquear a personalização de camisolas na nossa loja online”, referiu o porta-voz da marca desportiva, Oliver Bruggen, à agência de notícias alemã DPA.

Assim, desde esta segunda-feira de manhã, já não era possível encomendar a nova camisola da seleção alemã com um específico número, com a Federação Alemã de Futebol a ter congelado todas as entregas com o número 44 na sua loja online.

A Adidas, que vai deixar de ser a marca oficial da seleção alemã a partir de 2027, que assinou um novo contrato com a Nike até 2034, culpou ainda a federação alemã e o fornecedor 11teamsports pelo design dos nomes e números na camisola.

“Quaisquer tentativas para promover visões discriminatórias e de marginalização não fazem parte dos nossos valores como marca”, indicou o porta-voz, referindo que a Adidas “opõem-se à xenofobia, antissemitismo, violência e ódio em qualquer forma”.

Já a Federação Alemã de Futebol já esclareceu ao jornal alemão Bild que está a trabalhar para o desenvolvimento de uma nova forma do número 4, que terá de ser aprovada pela UEFA.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+