Tempo
|
A+ / A-

Brasileirão

"Não se faz tudo em dois dias": a fotografia da estreia no Corinthians, por António Oliveira

12 fev, 2024 - 10:45 • Hugo Tavares da Silva

Foi com um 2-0 à Portuguesa que o treinador português se estreou no banco do Timão. Segue-se o Botafogo SP e muito trabalhinho

A+ / A-

E o Corinthians venceu, depois de cinco derrotas seguidas. A estreia de António Oliveira no banco do Corinthians foi animadora, com uma vitória, por 2-0, contra a Portuguesa, mas insuficiente para sair do último lugar do Grupo C do Paulistão.

“Foi um pequeno passo”, começou por dizer o treinador português na conferência de imprensa após o jogo, aqui citado pelo "Globo Esporte". “Não é em dois dias que se constrói uma equipa. Esta equipa tem talento, mas precisa de competir sempre. Se fizermos isso, temos muita gente aqui que pode resolver jogos.”

O técnico saiu do Cuiabá, onde deixou uma grande imagem no Brasileirão 2023. Com o caos que se vai vivendo no clube que protagonizou a Democracia Corinthiana, de Sócrates e Walter Casagrande, a direção decidiu apostar no português para substituir Mano Menezes. Oliveira acabou de chegar, mas garantiu que foi ele quem fez questão de estar sentado no banco contra a Portuguesa.

“Não se faz tudo em dois dias, mas se dermos o mínimo de organização com e sem bola, podemos trabalhar o que é início de pressão, bloco médio, bloco baixo”, refletiu sobre os desafios de um treinador que acabou de aterrar num grupo novo. “Definir comportamentos, início de construção e pontapé de baliza. Há muitos comportamentos a serem trabalhados, assim como a bola parada, que é fundamental, porque pode determinar jogos para um lado.”

António Oliveira garantiu estar “muito feliz” com o desempenho dos jogadores. “Tentaram fazer sempre tudo, há acertos, há erros, mas eles competiram”, celebrou. “Por isso, como treinador, estou muito agradecido a eles.”

No Brasil desde 2020, quando chegou para assistir Jesualdo Ferreira no Santos, Oliveira, filho da lenda Toni, tem cimentado o seu nome no futebol brasileiro, ganhando o respeito da opinião pública, jornalistas e adeptos. Os trabalhos no Athletico Paranaense e Cuiabá ficaram na retina e agora pingou a oportunidade de treinar um gigante brasileiro.

Na noite de quarta-feira (ou madrugada de quinta-feira), Oliveira e o seu Corinthians voltam a entrar em campo, desta vez contra contra o Botafogo de São Paulo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+