Tempo
|
A+ / A-

Inglaterra

Tottenham regressa às vitórias

10 dez, 2023 - 22:50 • Lusa

Son esteve em destaque.

A+ / A-

Os avançados Son e Richarlison estiveram em grande plano na vitória do Tottenham, com os 'spurs' a baterem em casa o Newcastle (4-1), depois de cinco jogos sem vencerem na Liga inglesa.

Em compromisso da 16.ª jornada que se adivinhava muito difícil, após quatro derrotas (com Chelsea, Wolverhampton, Aston Villa e West Ham) e um empate (Manchester City), o Tottenham surgiu renascido, muito por culpa do sul-coreano Son Heung-Min.

O avançado, aberto desde o lado esquerdo, foi decisivo nos dois primeiros golos, ainda na primeira parte, a servir Udogie, aos 26 minutos, para o 1-0, e Richarlison, também num cruzamento, este com um passe atrasado, aos 38.

Uma vantagem que surpreendeu o Newcastle, com a equipa de Eddie Howe, que é sétima classificada, agora a quatro pontos do Tottenham, na quinta posição, a não conseguir realmente discutir o jogo.

Na segunda metade, na melhor fase dos 'magpies', o Tottenham ainda ampliou a vantagem, com o ex-sportinguista Pedro Porro a servir com um passe longo Richarlison entre os centrais contrários, e o brasileiro a fazer o 3-0, aos 60 minutos.

Já na parte final do encontro, Son foi castigado em falta dentro da área, carregado pelo guarda-redes Dubravka, e foi o próprio sul-coreano a converter o castigo máximo, aos 85 minutos, saindo do jogo com duas assistências e um golo.

À goleada do Tottenham, o máximo que o Newcastle conseguiu foi um golo de honra, de Joelinton, em período de descontos, aos 90+2 minutos e quando Son tinha saído instantes antes, para o aplauso do público.

Após a 16.ª jornada, a Liga inglesa passou a ter a liderança do Liverpool (37 pontos), seguido do Arsenal (36), derrotado na ronda pelo Aston Villa (35), terceiro, do campeão Manchester City (33), quarto, e do Tottenham (30), quinto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+