Tempo
|
A+ / A-

Ministro do Interior francês acusa Benzema de "ligações notórias" a grupo terrorista

17 out, 2023 - 22:54 • Redação

Gérald Darmanin critica futebolista internacional francês por manifestar apoio aos habitantes da Faixa de Gaza.

A+ / A-

O ministro do Interior francês acusou, esta terça-feira, o futebolista Karim Benzema de ter ligações ao grupo terrorista Irmandade Muçulmana.

"O senhor Karim Benzema tem ligações notórias, como todos sabemos, à Irmandade Muçulmana", declarou Gérald Darmanin, no canal televisivo CNews, depois de o internacional francês ter manifestado apoio aos habitantes de Gaza vítima do conflito entre Israel e o Hamas.

A Irmandade Muçulmana é uma organização islâmica radical, considerada pela Europa um grupo terrorista, com origem no Egito e da qual nasceu o Hamas, que atualmente controla a Faixa de Gaza.

"Todas as nossas orações para os habitantes de Gaza, que, mais uma vez, foram vítimas destes injustos bombardeamentos, que não poupam mulheres nem crianças", escreveu Benzema no Twitter, no domingo.

A publicação do avançado do Al-Ittihad, da Arábia Saudita, que foi estrela no Lyon e no Real Madrid - ganhou a Bola de Ouro em 2022 pelos espanhóis -, também provocou a crítica da deputada do Parlamento Europeu Nadine Morano.

No mesmo programa, a política francesa, vinculada aos Republicanos, partido do Presidente, Nicolas Sarkozy, acusou Benzema de ser um "agente de propaganda do Hamas".

Conflito com milhares de vítimas


O conflito entre Israel e o Hamas, iniciado a 7 de outubro, já fez milhares de mortos dos dois lados.

Na Faixa de Gaza, provocou pelo menos 3.000 mortos entre a população palestiniana, segundo dados do Ministério da Saúde, que se refere a mais de 12.500 feridos.

Na Cisjordânia ocupada, as forças israelitas já mataram pelo menos 50 palestinianos, para além de centenas de feridos e pelo menos 200 detenções.

O ataque surpresa do Hamas a 7 de outubro terá provocado em Israel mais de 1.400 mortos, na maioria civis.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+