A+ / A-

França

Treinador do PSG detido por suspeitas de discriminação

30 jun, 2023 - 10:54 • Redação

Segundo as alegações, Christophe Galtier disse, na época 2021/22, quando ainda era treinador do Nice, que não podia haver "tantos negros e muçulmanos na equipa".

A+ / A-

O treinador do Paris Saint-Germain, Christophe Galtier, e o filho, John Valovic-Galtier, foram detidos, esta sexta-feira, por suspeitas de discriminação e racismo, num caso que remonta à época 2021/22.

De acordo com o Ministério Público francês, a detenção ocorreu às 7h45 de Portugal Continental, por queixa apresentada por Julien Fournier, ex-diretor desportivo do Nice, anterior clube de Galtier.

Em causa, no caso aberto em abril, estão alegações de "discriminação com base numa alegada raça ou filiação religiosa". Galtier terá de responder perante os investigadores da Polícia Judiciária de Nice.

Segundo a acusação de Fournier, o treinador afirmou que o Nice não podia "ter tantos negros e muçulmanos na equipa". Galtier já negou várias vezes a acusação e chegou a apresentar queixa.

O técnico do PSG, que pretende substituí-lo pelo espanhol Luis Enrique, encontra-se em prisão preventiva. Ao fim de 24 horas, a polícia terá de decidir se o liberta ou se o leva a tribunal, que aí ficará com o caso.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+