Tempo
|
A+ / A-

Cruzeiro

Pepa: "Em Portugal temos o Cristiano, mas o Ronaldo só há um"

23 mar, 2023 - 15:37 • Redação

Novo treinador do Cruzeiro ainda não conheceu Ronaldo Nazário, dono do clube, mas já pensa na qualificação para as provas continentais.

A+ / A-

Pepa, novo treinador do Cruzeiro, assume-se como fã de Ronaldo Nazário, dono do clube brasileiro. Em declarações aos meios do clube de Belo Horizonte, Pepa fez ainda a comparação com Cristiano Ronaldo.

"Pode parecer 'puxa-saco', mas não é. Eu era avançado, usava camisola nove, cor parecida, e careca. Eu jogava no Benfica, mas o meu ídolo sempre foi o Ronaldo. Na minha vida, Ronaldo só há um. Em Portugal temos o Cristiano, 'top'. Depois há o Ronaldinho e outros, mas o Ronaldo é o Ronaldo. Para mim só há um, é o nosso. Nunca o conheci. Não tenho palavras", começa por dizer.

O treinador de 42 anos vai treinar no Brasil na primeira vez na carreira, depois de passagens pelo Al-Tai, Vitória de Guimarães, Paços de Ferreira, Tondela, Moreirense, Feirense e Sanjoanense.

Agora, vai treinar o recém-promovido Cruzeiro, mas o objetivo é chegar às provas continentais: "Acredito muito no trabalho. Se estivermos a olhar para baixo, e a pensar coisas pequenas, nunca vamos fazer coisas grandes. A história do clube não deixa, não dá para estar a olhar para baixo. Temos é de pensar nas competições internacionais".

Pepa é o oitavo treinador português no Brasileirão depois de Abel Ferreira (Palmeiras), Vitor Pereira (Flamengo), Luis Castro (Botafogo), Renato Paiva (Bahia), Pedro Caixinha (Bragantino), António Oliveira (Coritiba) e Ivo Vieira (Cuiabá).

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+