Tempo
|
A+ / A-

Surpresa no Euro. Seferovic bisa e Suíça elimina França nos penáltis

28 jun, 2021 - 22:50 • Redação

Campeão do mundo cai nos penáltis. França começou a perder, deu a volta e esteve a vencer por 3-1 e deixou-se empatar. Nos penáltis, apenas Mbappé falhou.

A+ / A-

A Suíça surpreendeu todas as expectativas e eliminou a França, campeã do mundo, do Euro 2020, após grandes penalidades, depois de um empate a três golos após os 120 minutos.

A noite foi também especial para Haris Seferovic, avançado do Benfica, que marcou dois. O ponta de lança abriu o marcador aos 15 minutos de jogo, de cabeça.

No segundo tempo, a Suíça poderia ter feito o segundo, mas Lloris defendeu o penálti Ricardo Rodríguez. Karim Benzema virou o jogo em dois minutos, aos 57 e 59 minutos de jogo.

Paul Pogba marcou um dos melhores golos do torneio, ao ângulo, aos 75 minutos, mas o tento não sentenciou o jogo. Seferovic reduziu, aos 81 minutos de jogo, e Gavranovic, aos 90 minutos, empatou a partida, com um grande golo à entrada da área.

O jogo foi para prolongamento, mas ninguém conseguiu desfazer o empate.

Gavranovic, Schar, Akanji, Vargas e Mehmedi não falharam para a Suíça, mas Mbappé, uma das figuras da França, falhou o derradeiro penálti. Sommer defendeu e a Suíça segue em frente na prova.

A Suíça mede forças com a Espanha nos quartos de final. Bélgica-Itália e República Checa-Dinamarca são os outros jogos já definidos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José J C Cruz Pinto
    29 jun, 2021 ÍLHAVO 09:51
    Alguém me diz se houve/há alguma notícia de o seleccionador francês dizer que vai ganhar o mundial do próximo ano? Se há/houve, já terá sido "abafada".[E alguém tem dúvidas de que, "em silêncio", já nisso estão a trabalhar e, com elevada probabilidade (e o orgulho ferido), será mesmo isso que poderá acontecer?] A sobranceria e o orgulho franceses são ainda maiores que os nossos (e muito fáceis de testemunhar - "Nous sommes Français! La Frande est un grand pays!" -, a propósito e a despropósito), com a diferença de que eles trabalham para atingir o que consideram ser o seu nível, enquanto por cá nos queixamos (depois de cada falhanço - sempre atribuído ao "azar" -, por contraste com a sorte - quase empre produto do "génio") de a realidade nunca atingir o "nosso nível", ... i.e. não nos enxergamos, ... e só um ano mais depois de décadas pode ser curto para grandes mudanças. [Dá para entender?]

Destaques V+