Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. 41 casos de infeção na Copa América até ao arranque da prova

15 jun, 2021 - 10:58 • Lusa

A seleção da Venezuela, que tem o português José Peseiro como selecionador, foi a mais afetada até ao momento.

A+ / A-

Um total de 41 pessoas, entre elementos das seleções participantes e da organização da Copa América, revelaram infeção pelo novo coronavírus até à data de início da competição futebolística, informou o Ministério da Saúde do Brasil.

Até domingo, data do encontro inaugural, entre Brasil e Venezuela (triunfo dos ‘canarinhos’ por 3-0), “foram detetados 41 casos, dos quais 31 de jogadores e membros das comitivas das seleções, e 10 entre as pessoas ligadas à organização do evento”, informou o Ministério da saúde do país organizador na segunda-feira (madrugada de hoje, em Portugal).

A seleção da Venezuela, que tem o português José Peseiro como selecionador, foi a mais afetada até ao momento, devido a surto que resultou na infeção de 13 elementos da comitiva - oito jogadores e três elementos da equipa técnica -, que motivou a chamada de 15 novos futebolistas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+