Tempo
|
A+ / A-

FIA faz alterações no formato das corridas sprint na Fórmula 1

25 abr, 2023 - 22:00 • Lusa

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) anunciou hoje a alteração no formato dos fins de semana de corridas sprint no Mundial de Fórmula 1, acabando com dois dos três treinos livres e criando uma segunda sessão de qualificação

A+ / A-

De acordo com o novo esquema, aprovado com os votos de todas as equipas, nos seis fins de semana em que estavam já previstas corridas sprint, a começar já no próximo, no Azerbaijão, a qualificação para a corrida principal de domingo passa a decorrer à sexta-feira, substituindo o segundo treino livre.

No sábado, foi introduzida uma nova sessão de qualificação mas exclusivamente para definir a grelha da corrida sprint, que mantém um terço da distância da prova principal e a distribuição de um terço dos pontos.

Esta sessão de qualificação, denominada shootout, substitui a terceira sessão de treinos livres, que habitualmente decorria na manhã de sábado.

O shootout terá três fases, como a qualificação tradicional, mas a Q1 será de apenas 12 minutos (para todos os 20 pilotos, obrigados a montar pneus médios), a Q2 de apenas 10 minutos para os 15 melhores da Q1 e, finalmente, a Q3, de oito minutos, para os dez mais rápidos da fase anterior (e já com pneus macios).

Por outro lado, uma penalização sofrida durante a sessão de treinos livres e na qualificação (sexta-feira) será cumprida na corrida de domingo.

Qualquer penalização sofrida no shootout será cumprida na corrida sprint, enquanto as penalizações referentes à sprint são cumpridas na corrida de domingo.

Uma violação do parque fechado implica uma saída da via das boxes (pit lane), tanto na corrida sprint como na corrida de domingo.

Quanto às penalizações por troca de motor, aplicam-se apenas na corrida de domingo, a não ser que impliquem, também, uma violação do parque fechado.

“Desta forma, será melhorado o espetáculo e a ação em pista para os adeptos de todo o mundo”, defendeu a FIA, em comunicado conjunto com o promotor da competição, a Fórmula 1.

Para além do Azerbaijão, o novo formato será aplicado também nos grandes prémios da Áustria (02 de julho), Bélgica (30 de julho), Qatar (08 de outubro), Estados Unidos (22 de outubro) e Brasil (05 de novembro).

De acordo com a FIA, estas alterações possibilitarão aos pilotos andarem “a fundo no sábado”, pois o resultado final não implicará alterações na grelha da corrida de domingo, como acontecia até aqui.

O GP do Azerbaijão deste fim de semana será a quarta prova da temporada.

O neerlandês Max Verstappen (Red Bull) lidera o campeonato com 69 pontos, mais 15 do que o seu companheiro de equipa, o mexicano Sérgio Pérez.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+