A+ / A-

Seleção nacional

Hoje é o dia da primeira convocatória de Roberto Martínez

17 mar, 2023 - 09:04 • Lusa

Há várias dúvidas para o novo ciclo que arranca na seleção nacional com Roberto Martínez, desde a continuidade dos mais experientes como Cristiano Ronaldo e Pepe, passando por possíveis estreantes.

A+ / A-

O espanhol Roberto Martínez anuncia, esta sexta-feira, a lista de convocados, a sua primeira como selecionador português de futebol, para os dois primeiros jogos da fase de qualificação para o Euro 2024, com Cristiano Ronaldo como principal dúvida.

Anunciado em janeiro como o sucessor de Fernando Santos no comando da equipa das quinas, passados dois meses, o treinador de 49 anos vai desvendar a suas primeiras opções, numa lista em que o próprio já explicou que terá como base a participação no último Mundial, que decorreu no final do ano passado, no Qatar.

Mesmo assim, algumas surpresas prometem acontecer na lista de Martínez, com a continuidade de Cristiano Ronaldo a aparecer no topo das dúvidas, embora tudo aponte para que o capitão continue de quinas ao peito.

O avançado de 38 anos perdeu a titularidade no último Campeonato do Mundo, mostrando desagrado com essa situação, e abandonou o futebol de mais alto nível, ao rumar à Arábia Saudita.

Após anunciar a sua indisponibilidade para representar a seleção nacional, ainda durante o tempo de Fernando Santos, Rafa poderá alterar a sua decisão com a entrada de Roberto Martínez, numa altura em que está a realizar uma das melhores épocas da sua carreira no Benfica.

Pepe, com 40 anos e lesionado no FC Porto, também aparece com uma das dúvidas, numa lista que poderá ter o regresso de Diogo Jota, que falhou a presença no Mundial 2022 devido a lesão.

As escolhas do novo selecionador nacional serão divulgadas às 12h30, em conferência de imprensa, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Na estreia do Grupo J de qualificação para o Euro 2024, que vai decorrer na Alemanha, Portugal defronta o Liechtenstein, em 23 de março, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, atuando três dias depois no Luxemburgo.

O agrupamento inclui ainda a Islândia, a Eslováquia e a Bósnia-Herzegovina.

Roberto Martínez foi o escolhido pela Federação Portuguesa de Futebol para render Fernando Santos, que abandonou o cargo após o Campeonato do Mundo do Qatar, no qual a seleção nacional alcançou os quartos de final.

Santos estava no comando da equipa desde 2014, tendo conquistado o Euro2016 e a primeira edição da Liga nas Nações, em 2019.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+