Tempo
|
A+ / A-

André Silva

Primeiro lugar permite evitar Brasil, mas a seleção "não está preocupada com outros grupos"

30 nov, 2022 - 14:09 • Redação

André Silva, avançado da seleção nacional, acredita que "há vantagens e desvantagens de qualquer uma das duas posições", mas o objetivo é vencer a Coreia do Sul e fechar o grupo com nove pontos.

A+ / A-

André Silva não está interessado nos outros grupos. Portugal poderá evitar o Brasil se confirmar o primeiro lugar do grupo e a seleção "canarinha" faça o mesmo.

Embora seja esse o cenário mais provável das duas seleções já apuradas para os "oitavos", o avançado português diz que o grupo não pensa sequer nos outros grupos e possíveis emparelhamentos para futuros jogos.

"O principal foco é ganhar, ganhar e ganhar. Já temos a passagem garantida, falta o primeiro lugar. Não estamos preocupados com outros grupos, queremos o primeiro lugar e dar o máximo para atingir isso", diz.

Ficar em primeiro tem até uma desvantagem já comentada pelos jogadores: "Há vantagens e desvantagens em qualquer uma das posições. Se olharmos demasiado para isso perdemos o foco do que é importante. Se passarmos em primeiro, jogamos sempre às 10h da noite daqui, o que não é a hora que nos agrada mais. Mas o nosso único foco é passar no primeiro lugar e com nove pontos".

André Silva garante que o apuramento confirmado à segunda jornada não causa relaxamento na equipa.

"Descansados nunca estamos. É a maior competição a nível mundial. Estamos a competir contra outras seleções bastante complicadas, os jogos são táticos e qualquer erro pode sair cair. Dá-nos uma segurança maior, mas pensamos jogo a jogo. O primeiro objetivo eram os 'oitavos' e agora é o primeiro lugar", termina.

O Coreia do Sul-Portugal está agendado para as 15h00 de sexta-feira e tem relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+