Tempo
|
A+ / A-

Seleção Nacional

Quaresma pede fim da novela e garante Cristiano Ronaldo ainda mais motivado no Mundial

23 nov, 2022 - 15:30 • Redação

Antigo internacional português acredita que a seleção nacional tem qualidade suficiente para evitar a surpresa frente ao Gana.

A+ / A-

Ricardo Quaresma considera que já é hora de fechar o "caso" Cristiano Ronaldo e garante que o capitão da seleção nacional está ainda mais motivado, após a saída do Manchester United, para brilhar no Mundial.

Em declarações à Sport TV, esta quarta-feira, o antigo internacional português e amigo de CR7 salienta que o avançado "sabe da vida dele" e que, agora, "o mais importante é focarmo-nos na seleção".

"A história à volta do Cristiano já deviam acabar com isso. Ele quando foi para este Mundial já foi motivado e, com esta situação, ainda se vai motivar mais, porque acredito que ainda queira jogar", frisa.

Quaresma realça que é amigo de Ronaldo, pelo que "esteja onde ele estiver" vai desejar-lhe "a maior saúdo do mundo e que seja feliz".

"Vou ser sempre amigo dele. Só ele pode falar e só ele pode decidir o futuro dele. Nesta fase em que já não tem nada a mostrar, o mais importante é desfrutar do futebol", sublinha o extremo, de 39 anos.

Ganhar o primeiro jogo para ganhar confiança


Ricardo Quaresma vai estar a torcer para que Portugal entre "com o pé direito" no Mundial. Para isso, é preciso ganhar ao Gana, na estreia, na quinta-feira, o que dará "mais confiança para o que aí vem".

"A nossa seleção está preparada. É um Mundial, não há jogos fáceis. Toda a gente tem o sonho de ganhar e chegar o mais longe possível. Temos grande qualidade e equipa para vencer o Gana", afiança o avançado, à margem de uma campanha publicitária da Worten, em Lisboa.

Portugal estreia-se no Mundial 2022 na quinta-feira, a partir das 16h00, frente ao Gana, no Estádio 974. Jogo que terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+