Tempo
|
A+ / A-

Seleção nacional

Godwin: "Jogo com a Nigéria será um bom teste para Portugal"

17 nov, 2022 - 12:56 • José Barata

O avançado do Casa Pia e internacional pela Nigéria acredita que a seleção do seu país tem um futebol idêntico ao do Gana, adversário de Portugal no Mundial.

A+ / A-

O Portugal-Nigéria será um bom teste para as duas seleções. A opinião é de Saviour Godwin, avançado do Casa Pia, que em entrevista a Bola Branca diz que as duas equipas podem aproveitar para retirar ilações do jogo desta noite em Alvalade.

"Penso que vai ser um jogo muito bom, tanto para a Nigéria como para Portugal. A equipa portuguesa está a preparar o Mundial, e será também um bom teste para a Nigéria preparar os próximos projetos. Por isso será um bom jogo para as duas equipas, e espero que a Nigéria vença", afirma.

O primeiro jogo de Portugal no mundial será contra o Gana, Godwin considera que jogar contra a Nigéria será muito bom, porque as duas seleções africanas têm jogadores e um futebol muito idêntico.

"Há uma grande semelhança entre a seleção da Nigéria e do Gana. As duas equipas têm jogadores fortes, jogadores rápidos, jogadores criativos, há sem dúvida muitas parecenças entre as duas seleções. Por isso, acho que a escolha de Portugal para fazer este jogo contra a Nigéria foi perfeita, porque não será um jogo fácil. Jogar contra a Nigéria será praticamente como jogar com o Gana, será um bom teste", revela.

Godwin, de 26 anos, cumpre a terceira época em Portugal, todas no Casa Pia. Foi uma das referências na época de subida e continua a ser preponderante na I Liga, com três golos e uma assistência em 13 jogos.

O Portugal-Nigéria começa às 18h45 e tem relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+