Tempo
|
A+ / A-

Bernardo Silva

Seleção não espera jogo fácil. “É uma equipa defensivamente forte e coesa”

27 mar, 2022 - 11:09 • Redação

Bernardo Silva recorda que a Macedónia do Norte já bateu Itália e Alemanha. A equipa nacional vai defrontar na terça-feira, no Estádio do Dragão, a Macedónia do Norte, que bateu a Itália, por 1-0.

A+ / A-

A seleção cumpriu este domingo mais um treino de preparação para o play-off de acesso ao Mundial no Qatar. A equipa está confiante num bom resultado, apesar de ter uma tarefa difícil pela frente.

Na habitual conferência de imprensa, Bernardo Silva referiu que a Macedónia do Norte chegou a esta fase por mérito e isso deve ser tido em conta.

O internacional português não espera um jogo fácil. “Capacidade para bater Alemanha e Itália demonstra que é uma equipa defensivamente forte e coesa”, justifica. “Vamos fazer o nosso trabalho de casa, ver qual é o plano do mister Fernando Santos para este jogo. Em relação à Turquia, são equipas diferentes, vão pedir coisas diferentes”, acrescentou.

“Precisamos de controlar os contra-ataques. Sabemos que vai ser um jogo difícil, contra uma equipa que se vai fechar lá atrás. Não sei até que ponto vamos ter assim tantas oportunidades”, precisou.

Bernardo Silva, que atuou mais recuado do que o habitual no jogo com a Turquia, diz estar habituado a desempenhar vários papéis mesmo no Manchester City. “Estou disponível para jogar onde o mister achar que é melhor.”

A equipa nacional vai defrontar na terça-feira, novamente no Estádio do Dragão, no Porto, a Macedónia do Norte, que bateu a Itália, por 1-0, em Palermo, com o golo de Trajkovski (90+2 minutos) a deixar os campeões europeus de fora do Mundial pela segunda vez consecutiva.

Portugal procura a oitava presença em mundiais, e quinta consecutiva, depois de 1966, 1986, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018, enquanto os macedónios nunca participaram numa fase final de um Campeonato do Mundo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+