Tempo
|
A+ / A-

Euro 2020

Nuno Mendes reintegrado, Semedo e Danilo no relvado

24 jun, 2021 - 18:00 • Redação com Lusa

Equipa das quinas prepara partida dos oitavos de final contra a Bélgica, no domingo.

A+ / A-

O defesa Nuno Mendes integrou o treino da seleção portuguesa de futebol, após debelados os problemas físicos, enquanto os titulares diante da França (2-2), no derradeiro desafio do Grupo F do Euro 2020, realizaram trabalho de recuperação.

O lateral esquerdo do Sporting, que foi relegado para a bancada nos desafios com os germânicos e gauleses, da segunda e terceira rondas, tinha treinado condicionado à margem do grupo nos últimos dias, mas esta quinta-feira já esteve à disposição de Fernando Santos, no relvado do estádio Illovszky Rudolf, em Budapeste, segundo o que foi possível ver durante os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social.

Além de Nuno Mendes, de 19 anos, estiveram presentes na sessão os suplentes utilizados na quarta-feira e aqueles que não foram opção para o selecionador, com os titulares a realizarem exercícios de recuperação nas bicicletas estáticas distribuídas junto ao relvado.

No apronto também estiveram Danilo e Nelson Semedo, que deixaram a partida contra os gauleses com queixas físicas.

Os únicos que não subiram ao relvado para fazer os exercícios de recuperação foram Renato Sanches e Rúben Dias, que ficaram pelo ginásio.

O campeão europeu vira agora atenções para o confronto dos oitavos de final, diante da Bélgica, no domingo, em Sevilha, Espanha, e caso ultrapasse a eliminatória, vai mudar-se para a Cidade do Futebol, em Oeiras, para prosseguir com a preparação para as restantes fases do torneio.

A equipa treinada por Fernando Santos viaja para o sul de Espanha no sábado de manhã, sendo que o treino e conferência oficial estão agendados para a parte da tarde, com hora e local ainda por confirmar.

Na quarta-feira, Portugal empatou com a França (2-2), no encontro da derradeira ronda do Grupo F, graças aos tentos de Cristiano Ronaldo, aos 31 e 60 minutos, ambos de grande penalidade, igualando os 109 do recordista mundial, o iraniano Ali Daei, enquanto Karim Benzema faturou duas vezes para os gauleses, aos 45+2, de penálti, e 47.

Com o 2-2 no Alemanha-Hungria, a seleção lusa terminou no terceiro lugar do agrupamento, marcando encontro com a Bélgica nos 'oitavos' (no domingo, em Sevilha), com quatro pontos, os mesmos da Alemanha, segunda, e menos um do que a França, primeira, com a Hungria a ser eliminada, com dois.

[em atualização]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+