Tempo
|
A+ / A-

Seleção Nacional

Nuno Mendes e João Palhinha felizes com estreia vitoriosa

24 mar, 2021 - 22:19 • Redação

Os dois jogadores do Sporting estrearam-se na seleção principal frente ao Azerbaijão, o lateral-esquerdo como titular. Domingos Duarte não sentiu o peso de substituir Pepe.

A+ / A-

Nuno Mendes e João Palhinha não esconderam, após a vitória (1-0) sobre o Azerbaijão, a felicidade pela estreia vitoriosa por Portugal.

Em declarações à RTP, o lateral-esquerdo do Sporting, que foi titular face à lesão e consequente dispensa de Raphael Guerreiro, falou em "sensações muito boas" por "jogar ao pé de jogadores de elite".

"Estou muito satisfeito. É fruto do meu trabalho, estou muito contente por estar aqui. (...) Vou melhorar ainda mais", garantiu o jovem.

Nuno Mendes revelou que todos os jogadores lhe deram conselhos, incluindo Cristiano Ronaldo, algo que o ajudou a sentir-se "à vontade" em campo, na estreia pelos "AA": "É muito importante para mim."

A boa época no Sporting tem atraído o interesse de "tubarões", segundo a imprensa. Contudo, o defesa, de 18 anos, não pensa nisso.

"O meu trabalho é jogar futebol, que é o que faço melhor. Entrar em campo e fazer o meu trabalho", frisou o agora internacional português.

País pequeno de gente grande


João Palhinha reconheceu, também em declarações à RTP, estar "muito orgulhoso e muito feliz" com a estreia pela seleção principal:

"Sinto-me completamente realizado por estar a representar o meu país. Qualquer jogador quer representar a seleção, eu não fujo à regra."

O médio do Sporting, que entrou a meio da segunda parte frente ao Azerbaijão, não se mostrou preocupado com a competição interna.

"Na nossa seleção existe qualidade em todas as posições, são inúmeros os jogadores que jogam em equipas de topo, em ligas de topo, um pouco por todo o mundo. Portugal é um país pequeno mas com muita qualidade", enalteceu o novo internacional português.

Herança fácil de carregar


Domingos Duarte foi titular no lugar de Pepe, que falhou a convocatória devido a lesão. Substituir o capitão do FC Porto não o assustou.

"Toda a gente que está aqui tem qualidade. O mister confia em todos nós. Não foi uma herança pesada", vincou o central do Granada.

Sobre o jogo com o Azerbaijão, Domingos Duarte admitiu que Portugal não conseguiu "controlar tão bem as transições" na segunda parte.

"Mas o mais importante é que ganhámos e entrámos [no apuramento para o Mundial 2022] com o pé direito", salientou o defesa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+