Tempo
|
A+ / A-

Seleção AA

Fernando Santos ainda não pensa no Europeu e foca-se só na qualificação para o Mundial 2022

16 mar, 2021 - 12:52 • Redação

Selecionador garante que a fase final do Euro2020 não vai estar no foco dos jogadores e explicou as convocatórias de Palhinha e Nuno Mendes.

A+ / A-

Fernando Santos, selecionador nacional, recusa pensar no Campeonato da Europa que se disputa neste verão para focar-se exclusivamente na qualificação para o Mundial 2022

"Só temos uma competição não temos duas e lá para maio falamos sobre o Europeu. É a primeira vez que temos três jogos a valer pontos, temos de estar focados em ter os jogadores frescos. São jogos fundamentais para o apuramento. O Europeu não tem nada a ver com isto. Aqui não vai estar no pensamento dos jogadores, nem no meu. No Europeu já la estamos. É uma anormalidade, sim, mas não vale a pena encontrar desculpas. Não pode haver outro foco", disse, em conferência de imprensa.

O selecionador diz que esta convocatória nada tem a ver com o Europeu e poderá não ser este grupo que participará na fase final da prova.

"Não tem nada a ver com o Campeonato da Europa, zero. Não há reta de lançamento. É uma convocatória para estes três jogos. A mim compete-me procurar construir o melhor grupo. Tenho a sorte de ter um leque alargado por onde escolher. Quando falarmos da outra prova, abordaremos o tema porque são diferentes. No Europeu teremos mais dias para trabalhar", explica.

Características de Nuno Mendes convenceram

O jovem lateral-esquerdo do Sporting de apenas 18 anos é a grande novidade na convocatória e Fernando Santos explica a sua chamada e reconhece que poderá ter dificuldades a habituar-se a um sistema com quatro defesas, diferente do que está habituado nos leões.

"Vinha a ser titular e por isso vai adaptar-se. Tem qualidade e características boas para a minha equipa. Mostra que tem a apetência ofensiva que precisamos e é forte defensivamente. Jogar a cinco é diferente de jogar a quatro e é preciso ter em mente isso, mas os jogadores têm essa capacidade de mudar o 'chip'. Esquecerem tudo o que fazem no clube e chegar aqui e respeitar a identidade de jogo da seleção", afirma.

Palhinha é o outro jogador que pode somar a sua primeira internacionalização e Fernando Santos destaca a sua evolução e quer avaliá-lo mais de perto no contexto da seleção nacional.

"A evolução tem sido positiva, caso contrário não o teria convocado. Tem tido uma prestação muito positiva. É um jogador com características próprias, e é importante vir neste momento à seleção. Não tem um trajeto muito grande e é importante para mim avaliá-lo mais de perto. É importante percebê-lo no contexto de seleção também", explica.

Recorde de Ronaldo em segundo plano

Sobre Cristiano Ronaldo e a sua possibilidade de ultrapassar os 109 golos pela seleção iraniana de Ali Daei, Fernando Santos diz que o capitão está sempre motivado para alcançar os objetivos coletivos.

"Tem sempre uma pretensão extra muito grande quando representa a Seleção Nacional. Ele vem, tenho a certeza absoluta, com a mesma ambição que sempre demonstrou, não pensando em objetivos pessoais, mas pensando em concretizar os objetivos da seleção. Ele tem um sonho muito grande, isso eu sei, será determinante também, o sonho de participar no que nos propormos, no objetivo de poder participar no Campeonato do Mundo e poder vencê-lo. Esse é o objetivo principal, o resto tem de passar ao lado da Seleção Nacional, seguramente", termina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+