Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Futebol nacional

Marcelo e a morte de Artur Jorge: "Será sempre lembrado pelo seu percurso como treinador"

22 fev, 2024 - 15:15 • Lusa

O Presidente da República deixou uma nota de pesar pela morte do antigo treinador Artur Jorge, sublinhando as suas conquistas como futebolista e treinador.

A+ / A-

O Presidente da República lamentou, esta quinta-feira, a morte do antigo futebolista e treinador Artur Jorge e destacou, entre os títulos da sua carreira, a conquista da Taça dos Campeões Europeus na temporada 1986/1987, quando treinou o FC Porto.

Artur Jorge morreu esta madrugada, em Lisboa, aos 78 anos, após doença prolongada, anunciou a sua família em comunicado.

Numa nota publicada na página oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa "lamenta a morte do treinador de futebol Artur Jorge, apresentando à sua família as mais sentidas condolências".

"Artur Jorge será sempre lembrado pelo seu percurso como treinador de futebol, nomeadamente, e entre os vários títulos alcançados, pela conquista da Taça dos Campeões Europeus em 1987", acrescentou o chefe de Estado.

Nesta nota, refere-se que Artur Jorge "foi selecionador da Seleção Nacional de Futebol, treinador de vários clubes históricos em Portugal e no estrangeiro, onde também alcançou importantes títulos", e que em 1989 foi condecorado com o grau de grande-oficial da Ordem do Mérito.

Nascido no Porto, Artur Jorge foi jogador de futebol dos dragões, mas cedo se mudou para a Académica, da qual seguiu para o Benfica. Jogou também no Belenenses e no clube norte-americano Rochester Lancers.

Como treinador, teve o momento alto da carreira na época de 1986/87 quando venceu a Taça dos Clubes Campeões Europeus pelos azuis e brancos. Foi em duas ocasiões selecionador nacional.

Artur Jorge conquistou três campeonatos nacionais, uma Supertaça e uma Taça de Portugal como treinador do FC Porto, além do torneio europeu, e deu ao Paris Saint-Germain o seu segundo título de campeão de França, na temporada de 1993/94.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+