Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Garrafas, papéis e lenços brancos. Adeptos do Benfica viram-se contra Schmidt

08 dez, 2023 - 22:08 • Redação

Treinador alemão foi alvo da ira de alguns adeptos encarnados, após a decisão de substituir João Neves durante a segunda parte da receção ao Farense. Veja o vídeo do incidente.

A+ / A-

A substituição de João Neves por Gonçalo Guedes, aos 64 minutos do jogo com o Farense, despertou a ira de alguns adeptos do Benfica.

No momento em que a mudança foi anunciada, ouviu-se um forte coro de assobios e foram exibidos lenços brancos para Roger Schmidt. Alguns adeptos, contudo, foram mais longe e atiraram objetos para junto do treinador.

Garrafas de água e papéis voaram na direção de Schmidt, o que obrigou ao reforço de segurança em torno do banco de suplentes do Benfica. Levou, também, à intervenção de Luisão e Tiago Gouveia, entre outros elementos, que pediram calma aos adeptos.

O Benfica empatou, a um golo, com o Farense e não só garantiu que o Sporting será líder do campeonato, ao fim da 13.ª jornada, como pode ser ultrapassado pelo FC Porto e cair para o terceiro lugar.

No final do jogo, Roger Schmidt reagiu de forma bastante crítica para com os adeptos que atiraram objetos na sua direção.

"Quem não se portou bem que fique em casa. Se os adeptos não estão felizes com o que o Benfica fez, como adeptos do Benfica, fiquem em casa. O Benfica não pode fazer melhor do que fez hoje. Se não gostam de como jogámos, fiquem em casa e voltem quando formos campeões para festejar. Se não respeitas a equipa, os jogadores e o treinador, fica em casa", começou por dizer.

O treinador também abriu a porta à saída: "Se eu for o problema, se o Benfica precisar de um treinador que faça as substituições que os adeptos querem, não há problema. Se eu for o problema, que venha outro treinador para o meu lugar. Se eu não sou bom o suficiente, vou-me embora. Os jogadores dão tudo e não merecem isto."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+