Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Manuel José. “Schmidt está na corda, sem vara nem rede” antes do Benfica-Sporting

09 nov, 2023 - 12:45 • Pedro Castro Alves

Antigo treinador de águias e leões espera um dérbi entre um Benfica “fragilizado” e um Sporting “reforçado”, que vai jogar na Liga Europa à procura de “elevar a moral”.

A+ / A-

Manuel José, antigo treinador de Benfica e Sporting, acredita que nem a renovação da época passada pode salvar Roger Schmidt em caso de derrota no dérbi, após a exibição “medíocre” frente à Real Sociedad, na Liga dos Campeões.

Segundo o técnico de 77 anos, o treinador alemão “passa a vida a mudar a equipa e ainda não acertou”, o que leva as águias a exibir uma “personalidade de cristal”, que “ao mínimo choque estilhaça-se toda”.

“Está na corda, sem vara nem rede. Portanto, se perder o dérbi, depois desta atuação absolutamente medíocre frente à Real Sociedad, está no fio da navalha. Se perder com o Sporting tem o lugar em risco e mesmo com a renovação que assinou na época passada não vai aguentar, de certeza”, atira, em entrevista a Bola Branca.

Roger Schmidt escapou a uma questão sobre despedimento na conferência de imprensa após o jogo com a Real Sociedad. Foi questionado se o dérbi frente ao Sporting pode ser decisivo para a sua continuidade na Luz.

"Podes responder tu a essa pergunta", afirmou o treinador ao jornalista. O assessor deu, nesse momento, por concluída a conferência de imprensa.

Benfica “fragilizado” e Sporting “reforçado”

A jornada europeia não correu bem ao Benfica, com a derrota por 3-1 em casa da Real Sociedad. Agora, é a vez do Sporting tentar galvanizar a equipa na receção ao Raków para a Liga Europa.

Para Manuel José, que orientou os leões em 1986/87, o Sporting “tem vindo a melhorar e não vai jogar na Liga Europa a pensar no jogo com o Benfica”.

“Vão querer ganhar, reforçar a sua posição e elevar a moral dos jogadores, que irão para o dérbi com um estado de espírito completamente oposto ao do Benfica”, diz.

Nesta linha, o antigo treinador vê os encarnados “altamente fragilizados” para o dérbi, onde os jogadores “vão ter uma responsabilidade tremenda em cima”. Já o Sporting “pode chegar em grande” e com a “intenção de reforçar a posição de primeiro classificado”.

O último jogo do Sporting, frente ao Estrela da Amadora, em que esteve a perder e deu a volta, é um sinal de que a equipa tem uma saúde física e mental muito forte, algo que o Benfica não tem e que pode ser determinante neste jogo”, conclui, em declarações à Renascença.

O Sporting recebe o Raków esta quinta-feira, a partir das 20h00, na quarta jornada do grupo D da Liga Europa. O jogo tem relato e acompanhamento ao minuto no site da Renascença, em rr.pt.

O dérbi com o Benfica, no Estádio da Luz, da jornada 11 da Liga, está marcado para domingo, a partir das 20h30.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+