Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Jorge Jesus: "Coates vai estar 20 dias sem jogar, Veríssimo um ano"

02 dez, 2021 - 18:31 • Inês Braga Sampaio

Técnico do Benfica revela que, quando orientou Rúben Amorim, no Belenenses e no clube da Luz, já lhe via pinta de treinador.

A+ / A-

Jorge Jesus não quis "branquear" a importância de Coates, positivo à Covid-19, no Sporting, no entanto, desvalorizou a sua ausência do dérbi com o Benfica, na sexta-feira, a contar para a 13.ª jornada da I Liga.

Na conferência de imprensa de antevisão do dérbi da Luz, esta quinta-feira, o treinador do Benfica realçou a "importância coletiva e individual" de Coates "em todas as ações do Sporting", contudo, lembrou que a sua equipa também tem uma baixa importante no centro da defesa.

"Não vou branquear o valor do Coates, mas temos outros jogadores de fora. O Coates vai estar 20 dias sem jogar, e nós temos o Lucas Veríssimo que vai estar um ano sem jogar. Não interessa para mim quem possa jogar no Sporting, nem quem não possa jogar no Benfica. O importante para mim são os jogadores que temos para lançar no jogo", vincou.

Jesus já sabia que Rúben ia dar treinador


Jorge Jesus treinou Rúben Amorim durante sete anos, ora no Belenenses, ora no Benfica. Os elogios não são poucos ao agora treinador do Sporting.

"O Rúben trabalhou sete anos comigo. Senti que havia alguns jogadores que podiam dar treinador no futuro, foi o caso dele e do Silas. O seu trabalho no Sporting tem sido bom. O facto de o Sporting chegar aqui como equipa vencedora do campeonato demonstra o valor do seu treinador e da sua equipa", assinalou o técnico do Benfica.

O Benfica-Sporting está marcado para sexta-feira, às 21h15, na Luz. Relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+