Tempo
|
A+ / A-

Benfica. Luís Filipe Vieira demite-se

15 jul, 2021 - 19:30 • Redação

A decisão foi transmitida por carta ao presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube.

A+ / A-

O presidente Luís Filipe Vieira terá apresentado a demissão dos cargos no clube, na SAD e das participadas. A decisão foi transmitida por carta ao presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube.

A informação foi avançada pelo Record e já confirmada pela Renascença.

Vieira está em prisão domiciliária, até apresentar caução de três milhões de euros, no âmbito da operação Cartão Vermelho, que levou à sua detenção, por suspeitas de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento. Tinha suspendido funções antes do interrogatório diante do juiz.

Luís Filipe Vieira foi eleito presidente do Benfica a 31 de outubro de 2003. Em outubro de 2020 foi reeleito presidente do clube e reconduzido para um sexto mandato que terminaria em 2024.

Rui Costa assumiu a presidência do Benfica a 9 de julho. O clube já garantiu que haverá eleições ainda este ano.

[em atualização]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • EU
    15 jul, 2021 PORTUGAL 21:50
    Desde o tal DOSSIER ANÓNIMO, sempre fui crítico deste Senhor. Isto, porque no futebol são todos iguais, querem PROTAGONISMO. Assim, quem ao mais alto quer subir, ao mais baixo vai cair. Agora, aos FALADORES das escutas do NORTE, apenas os aconselho a recolherem as TROMBETAS.
  • Juíz Vermelho
    15 jul, 2021 Catedral da Luz 19:14
    Se tivesse saído há 2 mandatos, melhor seria, mas teve um resto de dignidade, para sair pelo seu pé, em vez de ser atirado porta fora ao fim dos 30 dias de prazo. Não é que tivesse alternativa, mas pronto. Agora é limpar o SLB do Vieirismo. Não se iludam: Vieira caiu, mas o Vieirismo ainda lá está. Alguém acredita que Vieira fez tudo sozinho? Não houve reuniões, actas, negociações, não havia mais ninguém envolvido na Gestão? Claro que havia, e estão lá todos, de roda de Rui Costa. Agora há outras coisas importantes para decidir, mas estou com curiosidade de ver a lista de Rui Costa quando se candidatar à Presidência e o seu manifesto eleitoral. E espero que a BTV desta vez não venha com as tretas com que justificou não ter havido debates nem ter acompanhado as campanhas nas últimas Eleições, onde as torrentes de propaganda a Vieira, atingiram a náusea. . .

Destaques V+