Tempo
|

Seleção nacional

Pepe distancia-se de Figo. Sabe quem são os 10 jogadores com mais internacionalizações?

13 jun, 2022 - 09:28 • Eduardo Soares da Silva

Pepe subiu ao pódio de internacionalizações no jogo de domingo, frente à Suíça. Veja o gráfico e confira quem são os 10 jogadores com mais partidas pela seleção portuguesa.

A+ / A-
Pepe fez parte da equipa que venceu o Euro 2016. Foto: Johanna Lundberg / BILDBYRÅN/Reuters
Pepe fez parte da equipa que venceu o Euro 2016. Foto: Johanna Lundberg / BILDBYRÅN/Reuters
Pepe e Ronaldo foram colegas de equipa durante praticamente toda a carreira, no Real Madrid e na seleção.  Foto: Hugo Delgado/Lusa
Pepe e Ronaldo foram colegas de equipa durante praticamente toda a carreira, no Real Madrid e na seleção. Foto: Hugo Delgado/Lusa
Pepe disputou três Campeonatos do Mundo - 2010, 2014, 2018 - e espreita a participação no Qatar. Foto: Ronald Wittek/EPA
Pepe disputou três Campeonatos do Mundo - 2010, 2014, 2018 - e espreita a participação no Qatar. Foto: Ronald Wittek/EPA
Pepe estreou-se na seleção nacional em 2007. Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters
Pepe estreou-se na seleção nacional em 2007. Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters
Foto: António Pedro Santos/Lusa
Foto: António Pedro Santos/Lusa

Apesar da derrota, o jogo de Portugal na Suíça representou um marco importante na carreira de Pepe e para a história da seleção nacional.

O central de 39 anos foi o capitão de equipa, na ausência de Cristiano Ronaldo, e subiu ao terceiro lugar do "ranking" de jogadores com mais internacionalizações da história da seleção nacional de futebol masculino.

Nesta pausa, Pepe já tinha igualado Figo no terceiro lugar, com 127 internacionalizações, e no domingo distanciou-se, deixando o pódio apenas com jogadores ainda no ativo: Cristiano Ronaldo, com 189 jogos disputados, João Moutinho, com 146, e Pepe, agora com 128.

Pepe estreou-se na seleção em 2007, numa jogo de qualificação para o Euro 2008, frente à Finlância, já com 25 anos de idade e ao serviço do Real Madrid, depois de ter estado seis anos na I Liga portuguesa, no Marítimo e FC Porto.

Disputou quatro Campeonatos da Europa, tendo sido peça importante na conquista do Euro 2016, e esteve em três Campeonatos do Mundo. Está à espreita da participação no quarto, em dezembro, no Qatar.

Do "top-10" de jogadores mais internacionais de sempre, apenas mais dois estão ainda no ativo: Rui Patrício, no sétimo lugar, com 104 internacionalizações, ainda integra as escolhas habituais de Fernando Santos, e Nani, avançado de 35 anos hoje ao serviço do Veneza, que soma 112 jogos por Portugal, mas não é convocado desde 2017.

Bruno Alves, que terminou carreira nos últimos dias, é o oitavo jogador mais internacional, com 96 jogos disputados. Restam Fernando Couto, no sexto lugar com 110 internacionalizações, Rui Costa, no nono lugar, com 94 jogos disputados, e Ricardo Carvalho, que fecha o "top-10", com 89 jogos.

Não há nenhum jogador que, a curto-prazo, possa entrar no "top-10". Os mais próximos são William Carvalho, no 20.º lugar da lista, com 73 internacionalizações, e Bernardo Silva, com 70 jogos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+