Tempo
|
Euranet
Visto de Fora
Begoña Iñiguez e Olivier Bonamici comentam, semanalmente, o país, os portugueses e a Europa. O ponto de vista espanhol e francês para ouvir à sexta-feira às 10h20.
A+ / A-
Arquivo
O cliente que pretende contactar não tem voicemail activo - Visto de Fora
O cliente que pretende contactar não tem voicemail activo - Visto de Fora

Visto de fora

​O cliente que pretende contactar não tem voicemail ativo

19 nov, 2021 • Miguel Coelho


O projeto de lei que pretende proibir os patrões de contactarem trabalhadores fora de horas foi notícia em vários países e é um dos temas debatidos esta semana por Begoña Iñiguez e Olivier Bonamici. Analisam também o agravamento da pandemia e as medidas cada vez mais restritivas que estão a ser adoptadas um pouco por toda a Europa e a crise migratória na Bielorrússia e a aparente cedência de Lukashenko após a intervenção de Angela Merkel.

O projecto de lei que pretende proíbir os patrões de contactarem trabalhadores fora de horas foi notícia em vários países e é um dos temas debatidos esta semana por Begoña Iñiguez e Olivier Bonamici.

Os comentadores do "Visto de Fora" analisam também o agravamento da pandemia e as medidas cada vez mais restritivas que estão a ser adoptadas um pouco por toda a Europa, com destaque para o confinamento na Áustria e as limitações impostas aos não vacinados.

A crise migratória na Bielorrússia e a aparente cedência de Lukashenko após a intervenção de Angela Merkel é outro dos assuntos desta edição, em que falamos ainda do novo partido Espanha Esvaziada que está a dar que falar no país vizinho.

Begoña e Olivier olham também para a polémica sobre as explorações agrícolas da dirigente do PAN Inês Sousa Real e para o revés sofrido pela selecção portuguesa de futebol na qualificação para o Mundial do Catar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.