Siga-nos no Whatsapp
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Outra vitória bem gorda

27 mar, 2023 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Como se esperava, a selecção de Portugal repetiu no Luxemburgo a vitória com que já havia iniciado a sua participação na fase de apuramento para o Campeonato da Europa de 2024.

Desta vez, a vítima foi o Luxemburgo, goleado ainda por números mais expressivos, e depois de uma exibição dos selecionados de Roberto Martinez mais convincente.

Esperavam-se maiores dificuldades no jogo de ontem no Grão-Ducado por se saber que a selecção daquele país tem vindo a fazer progressos consideráveis, tendo ficado como exemplo, o empate alcançado frente à Eslováquia, apenas três dias antes, no território do adversário.

Jogando com assinalável intensidade, a selecção de Portugal, adiantou-se rapidamente no marcador e à meia-hora já disfrutava de uma confortável vantagem de quatro golos sem resposta, dois dos quais da autoria de Cristiano Ronaldo.

A propósito, convém registar que o mais renomado internacional do futebol português de sempre tirou ontem todas as dúvidas a quantos vaticinavam a sua retirada dos palcos do futebol mais cedo do que será o seu próprio desejo.

Roberto Matinez apostou na titularidade do jogador madeirense nos dois jogos, deixando à vista a ideia de que assim continuará a decidir do mesmo modo nos jogos que se seguirão.

Os próximos jogos da selecção passam por encontros com a Bósnia e a Islândia, em Junho próximo, saltando depois para Setembro o calendário seguinte, quando terá aí pela frente as selecções da Eslováquia e novamente Luxemburgo.

Perante o quadro que se nos apresenta por agora toda a lógica conjecturar que a selecção portuguesa não terá grandes dificuldades em se apurar para a fase final do próximo Europeu de Futebol.

Com seis pontos em dois desafios e um saldo apreciável de dez golos marcados/zero sofridos, Portugal lidera isolado o Grupo J.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.