Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

A velha dança de treinadores e o regresso à Taça de Portugal

11 jan, 2022 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Em 17 jornadas houve uma dezena de mudanças de comandos técnicos, e nem sempre suscetíveis de virem a proporcionar resultados diferentes.

Chegámos ao fim da primeira volta do campeonato da primeira Liga e, como sempre, a dança dos treinadores atingiu números indecorosos, não se sabendo se até ao fim da prova esses números não atingirão uma expressão ainda mais dilatada.

Em 17 jornadas houve uma dezena de mudanças de comandos técnicos, e nem sempre suscetíveis de virem a proporcionar resultados diferentes.

Como nota positiva é justo assinalar que todos os protagonistas destas alterações têm nacionalidade portuguesa, o que confirma, mais uma vez, que a qualidade dos nossos técnicos continua indesmentível. Essa qualidade está igualmente confirmada pelas diversas solicitações que têm chegado do estrangeiro, onde tudo que se passa com o futebol português passou a ser avaliado de forma diversa.

O caso mais recente envolve o nome de Paulo Sousa, que depois de uma saída discutível da seleção da Polónia, assumiu o comando de um dos clubes mais prestigiados do mundo, o Flamengo, e a responsabilidade de repetir, pelo menos, o que ali foi alcançado por Jorge Jesus.

Entretanto, hoje regressa a Taça de Portugal, com o Leça FC a receber o Sporting no estádio da Mata Real, em Paços de Ferreira.

Vindo de um jogo em que deixou à vista dificuldades que conduziram à primeira derrota no Campeonato, os leões não podem subestimar uma equipa que já afastou da competição duas equipas do escalão principal se quiserem chegar às meias-finais.

Já com Rúben Amorim no banco é de esperar uma atitude competitiva diferente da formação leonina em relação àquilo que exibiu em Ponta Delgada, e regresse ao nível que foi capaz de exibir durante as primeiras quinze jornadas após as quais sofreu somente cinco golos.

Na quarta-feira o Porto desloca-se a Vizela, para onde parte como favorito, ainda que possa vir a ter pela frente algumas dificuldades.

Na Taça é sempre tudo possível. E por isso, leões e dragões não estão apurados antecipadamente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.