Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Hoje mais uma final

07 set, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


A seleção portuguesa vai defrontar logo à noite igual formação do Azerbaijão, jogo importante, no qual apenas um resultado interessa, ou seja, vencer.

A ideia é repetida com frequência, sobretudo, quando nos aproximamos de jogos com carácter decisivo, sejam eles a nível de clubes ou de seleções.

Nesta terça-feira teremos um desses dias: a seleção portuguesa vai defrontar logo à noite igual formação do Azerbaijão, jogo importante, no qual apenas um resultado interessa, ou seja, vencer.

É assim que todos entendemos. No entanto, para elevar o rigor dessa necessidade, é importante recordar as palavras proferidas ontem por Rúben Dias, defesa central da nossa equipa, e um dos mais credenciados jogadores no contexto do futebol europeu.

Portugal tem nesta altura dez pontos conquistados, estando ainda por cumprir três desafios para encerrar esta fase de qualificação: hoje, em Bakú, contra os azéris, depois, por duas vezes nos nossos estádios, tendo como adversários o Luxemburgo e a Sérvia.

Os sérvios estão na mesma corrida, porque têm igualmente dez pontos, e, portanto, dependem apenas de si próprios para chegar à fase final do Mundial no primeiro lugar do Grupo A, com entrada direta sem necessidade de recurso a play-off.

Sem Cristiano Ronaldo, suspenso por um jogo, a seleção escolhida por Fernando Santos tem hoje uma boa oportunidade para dar razão àqueles que sustentam a ideia de que, sem o nosso mais importante jogador, joga melhor e mais desinibida, porque liberta dessa presença que nem sempre suscita os mais recomendáveis comentários.

Importa também recordar que a seleção do Azerbaijão raramente perde por mais do que um golo de diferença nos encontros que disputa no seu ambiente.

Portanto, envoltos neste cacharolete de dados que aguardemos com o jogo desta terça-feira,

conscientes de que temos valor suficiente para regressar de Bakú com três pontos na b

bagagem.

E há também a questão da responsabilidade, que os nossos jogadores não podem rejeitar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.