Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​O quente mês de setembro

06 set, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Passada a atual fase mundialista, teremos a seguir um quente clássico em Alvalade, no próximo sábado, e, de imediato, a entrada de três equipas portuguesas na rotulada competição milionária.

Regressado à atividade nesta coluna da nossa Rádio Renascença haverá fartos motivos para abordar os inúmeros factos que ocorreram durante os últimos 30 dias e que encheram, nesse período, os tempos de antena das televisões e das rádios e as páginas dos jornais.

Porém, mais recomendável será olhar atentamente para o presente e para o futuro, porque também nesses espaços se encontram bastos motivos para reflexão e análise.

A presença do futebol português na fase de qualificação do Mundial de 2022 tem merecido considerações de diversa ordem. É verdade que os resultados registados pela nossa seleção não merecem críticas, mas as suas exibições já não afinam pelo mesmo diapasão. Sobretudo a qualidade do jogo com a Irlanda esteve muito aquém daquilo que era exigível, e não fora, mais uma vez, o salvador CR7, e estaríamos agora agarrados à máquina de calcular, um hábito que se julgava fora de moda.

O campeonato da Liga principal vai entrar na quinta jornada, sem que até ao momento se possam apontar pormenores relevantes.

Tudo está ainda muito no começo, e nem os dois empates cedidos por Sporting e FCPorto podem ser tidos uma anormalidade na nossa competição maior.

O Benfica já segue na dianteira, mas em boa verdade ainda não encontrou pela frente adversários que lhe pudessem causar sobressaltos.

Como nota de grande destaque para o clube da águia, a sua chegada à fase de grupos da Liga dos Campeões Europeus, deveras importante por razões bem conhecidas.

É verdade que o sorteio poderá não lhe ter sido muito favorável aos encarnados, tal como aliás aos portistas, mas só com o tempo esta asserção poderá vir a ser confirmada.

Passada a atual fase mundialista, teremos a seguir um quente clássico em Alvalade, no próximo sábado, e, de imediato, a entrada de três equipas portuguesas na rotulada competição milionária.

Há, pois, boas razões para entrar em período de ansiedade, a que não fugirá a grande maioria dos adeptos portugueses.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.