Tempo
|
Pedro Santos Guerreiro
Opinião de Pedro Santos Guerreiro
A+ / A-
Comentário de Pedro Santos Guerreiro - 14 de julho
Comentário de Pedro Santos Guerreiro - 14 de julho

Pedro Santos Guerreiro

Lei sobre margens dos combustíveis? "Surpreendente", mas cínico: "O Estado é quem mais ganha"

14 jul, 2021 • Opinião de Pedro Santos Guerreiro


Em causa está a intenção manifestada pelo ministro do Ambiente de propor uma lei para atuar sobre as margens de comercialização dos combustíveis. Para o comentador da Renascença, uma eventual intervenção estatal no preço dos combustíveis só se justifica se houver "falta de concorrência em prejuízo do consumidor". Contudo, Matos Fernandes não fala da fixação de preço, "fala da fixação da margem de lucro, que não é a mesma coisa, nem é tão simples de calcular", avisa Pedro Santos Guerreiro

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.