João Duque n´As Três da Manhã
Terças e quintas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Fim dos apoios anti-inflação até 2024. "Bruxelas pode estar descansada"

João Duque

Fim dos apoios anti-inflação até 2024. "Bruxelas pode estar descansada"

09 mar, 2023 • Sérgio Costa , Cristina Nascimento


Economista João Duque olha para o apelo feito pela Comissão Europeia e explica que, na origem deste apelo, está a preocupação de Bruxelas em não alimentar a inflação.

O economista João Duque diz que "Bruxelas pode estar descansada" sobre o fim dos apoios anti-inflação em Portugal. A Comissão Europeia lançou um apelo para que estes mecanismos terminem até 2024.

"Eu acho piada a preocupação de Bruxelas. É que os nossos apoios todos ou foram uma medida única ou são apoios que supostamente duram até final de 2023, portanto, Bruxelas esteja descansada que nós não vamos gastar dinheiro em apoios às famílias", disse João Duque, no espaço de opinião do programa "Três da Manhã".

João Duque lembra que estão em causa apoios que foram "muito criticados por serem muito baixos". Entre as medidas estão algumas que ajudam a reduzir o preço dos combustíveis, eletricidade ou que permitem renegociar o crédito à habitação.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.