Tempo
|
João Duque n´As Três da Manhã
Segundas e sextas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
“Isto é uma traição que se faz ao primeiro-ministro”

João Duque

“Isto é uma traição que se faz ao Primeiro-ministro”

01 jul, 2022 • Olímpia Mairos


Comentador analisa a mais recente polémica a envolver o ministro das Infraestruturas e o primeiro-ministro e a construção do novo aeroporto.

O comentador d’As Três da Manhã diz que o recente episódio a envolver o ministro Pedro Nuno Santos e o primeiro-ministro António Costa “é de ir às lágrimas”.

Do ponto de vista político é “um mau sinal e quase que dá ideia de que uma traição destas, porque isto não pode ser feito por descuido, é uma traição que se faz ao Primeiro-ministro”, assinala.

“Deixa-se o primeiro-ministro sair de Portugal para se tomar uma decisão que nem sequer é colegial”, acrescenta.

O comentador considera que a história “é muito confrangedora e um péssimo exemplo para Portugal”.

Entende, no entanto, que o problema “não está nesse processo”, que se resume “a uma questão de egos ou de personalidades ou formas de estar na vida”, mas sim no aeroporto, que é uma questão económica”.

“E sobre isso não há uma palavra. E eu fico de boca aberta como é que o ministro é mantido no lugar quando apresenta uma solução que tem custos brutais”, destaca.

Ainda assim, João Duque realça a decisão do ministro Pedro Nuno Santos, em relação à construção do aeroporto, justificando que “é confrangedor ver um Governo liderado por António Costa há seis anos com uma proposta em cima da mesa e não tomar decisões”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.