Tempo
|
João Duque n´As Três da Manhã
Terças e quintas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Orçamento para 2022 tem de ser “revisto com alguma profundida”

João Duque

Orçamento para 2022 tem de ser “revisto com alguma profundidade”

04 abr, 2022 • Miguel Coelho , Cristina Nascimento


Comentador reconhecer ter “muita curiosidade” para saber como é que Fernando Medina “vai descalçar a bota” da apresentação do documento.

O comentador da Renascença João Duque considera que o Orçamento do Estado para 2022 precisa de ser "revisto com alguma profundidade".

No espaço de opinião do programa "Três da Manhã", o economista lembra que "há alterações muito significativas" que justificam mudanças no documento.

"Primeiro, na expectativa de crescimento da Europa que é o nosso maior mercado de exportação; segundo, porque a inflação está ai à porta e isto significa que os preços dos bens que o Estado pretende adquirir durante o ano vão ser bastante superiores, a própria energia. Os serviços públicos vão ter que gastar mais para conseguir ter o mesmo resultado; terceiro lugar porque a receita fiscal também será alterada", explica.

João Duque revelou ainda ter "muita curiosidade" sobre como é que Fernando Medina vai apresentar a proposta do Orçamento do Estado.

"O Medina não tem currículo na área financeira e estou com muita curiosidade para saber como é que ele vai de facto descalçar esta bota, porque ele vai ter que fazer uma apresentação e uma discussão técnica de um documento que é bastante técnico", diz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.