Emissão Renascença | Ouvir Online
Henrique Raposo n´As Três da Manhã
Segundas e sexta-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
“Câmaras e freguesias a mais” são “apeadeiros para potencial corrupção”

Henrique Raposo

“Câmaras e freguesias a mais” são “apeadeiros para potencial corrupção”

29 jan, 2024 • André Rodrigues , Cristina Nascimento


Comentador Henrique Raposo olha para o atual momento da política portuguesa, numa altura em que se escolhe o sucessor de Miguel Albuquerque na liderança do Governo Regional da Madeira.

O comentador da Renascença Henrique Raposo sugere a redução do número de autarquias e freguesias por considerar que são "apeadeiros para potencial corrupção", no país.

A opinião surge a propósito do mais recente caso de suspeitas de corrupção que envolve quer o presidente do Governo Regional da Madeira, quer o presidente da Câmara do Funchal.

"Estamos num momento estranhíssimo" em que "temos sistematicamente políticos a esconder dinheiro vivo ou em malas do carro ou em estantes ou em casa da mãe", refere, aludindo a vários escândalos mais ou menos recentes.

"Temos 300 e tal câmaras municipais, temos o mapa autárquico do tempo do Eça [de Queiróz] e do Camilo [Castelo Branco]. Há demasiadas freguesias, câmaras e repartições e, cada uma, é uma potencial fonte de corrupção. Enquanto não acabarmos com isso vamos estar sempre nisto", acrescenta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.