Henrique Raposo n´As Três da Manhã
Segundas e sexta-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
“É para rir?” Resposta de Henrique Raposo ao comentário de Marta Temido sobre o papel “essencial” dos privados na pandemia

Henrique Raposo

“É para rir?” Resposta de Henrique Raposo ao comentário de Marta Temido

03 mar, 2023 • Sérgio Costa , Maria Costa Lopes


Comentador da Renascença atribui a crise do setor da saúde à “austeridade” do Governo de António Costa.

O comentador da Renascença, Henrique Raposo, considera que a realidade dos hospitais públicos desmente a teoria de que a grande aposta do Governo é no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Raposo defende que, apesar de ter desenvolvido algum “rendimento para os funcionários públicos”, o Governo do PS durante os anos da geringonça criou um “outro tipo de austeridade”, porque deixou de “investir na própria estrutura do funcionamento”.

“É um dado estatístico, o investimento nas escolas, nos hospitais foi o mais baixo de sempre durante os anos do Costa”.

Os “bons” do público contra os “maus” do privado

Para Henrique Raposo, há um “complexo ideológico da esquerda contra os privados”.

O comentador relembra que Marta Temido se recusou a trabalhar com os privados durante o tempo de pandemia, depois de ter dito, numa entrevista à SIC, esta semana, que os privados foram “essenciais”.

“É esta visão infantil onde há uns bons, que são o público, e uns maus, que é o privado, que nos levaram a este ponto.”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    26 mar, 2023 Lisboa 18:33
    A "crise do setor"? Mas esta notícia é sobre a saúde (Sr. Dr. a.k.a. soutor) ou sobre o ensino (Sr. Professor a.k.a. setor)?